Avenida Eduardo Ribeiro será interditada a partir das 6h, nesta quarta-feira

O trecho entre as avenidas Sete de Setembro e Marquês de Santa Cruz será interditado por conta da entrega da Praça da Matriz

Com informações da assessoria / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A Avenida Eduardo Ribeiro será interditada a partir das 6h da manhã desta quarta-feira (15), no trecho entre as avenidas Sete de Setembro e Marquês de Santa Cruz, para a entrega da Praça XV de Novembro – a popularmente conhecida Praça da Matriz. Quinze agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) vão monitorar o trânsito para garantir o acesso seguro de pedestres ao evento.

Praça da Matriz será entregue à população nesta quarta-feira (Foto: Divulgação/Semcom)

Segundo o diretor de Controle e Gestão do órgão, Sandro Moacir, o terminal central de ônibus não terá o trânsito interrompido. No entanto, os agentes do Manaustrans vão monitorar a circulação dos veículos nas vias do entorno e verificar a possiblidade de outras intervenções na área.

“O acesso para a área da festa poderá ser feito pela rua Luiz Antony, rua Governador Vitório e avenida Sete de Setembro, que estará livre para o tráfego no trecho entre a Getúlio Vargas e Eduardo Ribeiro”, explicou Sandro.

Programação da reinauguração

Três grandes nomes da Música Popular Amazonense (MPA) cantarão no palco do evento. Lucilene Castro, Nunes Filho e Zezinho Correa farão um show assinado pelo maestro Paulo Marinho. A reinauguração da Matriz contará ainda com uma ‘Celebração de Bênção’, na presença do Arcebispo Metropolitano de Manaus, dom Sérgio Eduardo Castriani, além da presença do ministro da Cultura (MinC), Sérgio Sá Leitão, e da presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa.

O palco será montado na lateral da avenida Eduardo Ribeiro, próximo ao Relógio Municipal, ponto turístico que também será entregue à população totalmente restaurado. O acesso é gratuito. No repertório musical, canções como “Nossa Senhora” e “Emoções”, do Rei Roberto Carlos; “Amazonas”, de Chico da Silva; e “Aquarela do Brasil”, além das toadas como “Tic Tic Tac” e “Ritmo Quente”, com o cantor Zezinho Corrêa.

Os artistas farão suas apresentações em dois momentos, às 16h, na abertura, e às 18h20, após o descerramento da placa. O evento contará, ainda, com o coral de 30 alunos da Escola Municipal Don Jacson Damasceno, que fica no bairro Jorge Teixeira, na zona Leste de Manaus. Com idades entre 11 e 14 anos, os estudantes apresentarão canções populares como “Maria Maria” e “Amigo”, de Milton Nascimento; e o “Caderno”, de Toquinho, entre outras.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES