Bombeiros acham corpo de turista que caiu em cachoeira no AM após 14 dias de buscas

Michele Costa caiu no local enquanto tentava tirar 'selfie'. Durante as buscas, os mergulhadores precisaram adentrar o local por rapel e mudar diversas vezes o curso da água para facilitar a localização do corpo

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas encontrou, na manhã deste domingo (22), o corpo da turista que caiu na Cachoeira do Santuário, em Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros ao norte de Manaus). Foram 14 dias de buscas. A carioca Michele Santos, 30, caiu no local enquanto tentava tirar ‘selfie’.

O corpo foi encontrado em uma caverna, localizada na queda d’água da cachoeira. Conforme mostra o vídeo abaixo, o local é de difícil acesso.

Durante os 14 dias de buscas, a equipe precisou adentrar o local por rapel e mudar diversas vezes o curso da água para facilitar a localização do corpo, conforme explica o comandante do Batalhão de Bombeiro Especial (BBE), tenente-coronel Reinaldo Acris Menezes, que coordenou a operação em Presidente Figueiredo.

“Encontramos grandes dificuldades desde o início das buscas. Os mergulhadores tinham que entrar por cima da caverna, mudamos o curso da água diversas vezes até finalmente encontramos o corpo”, disse.

LEIA TAMBÉM
Bombeiros encontram indícios de que corpo de turista pode estar preso em fenda de cachoeira
Terceiro dia de buscas por turista é encerrado e bombeiros não localizam a mulher, no AM

Os mergulhadores usaram técnicas de rapel para tentar localizar o corpo (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Menezes informou que também houve dificuldade para transportar o corpo para a superfície. “Já estava em avançado estágio de decomposição. Fora que o corpo da jovem estava dentro d’água. Então, foi necessário muita atenção e cuidado para trazê-lo para cima”, disse.

Após a retirada da vítima da caverna, o Corpo de bombeiros acionou o Instituto Médico Legal (IML) e a Polícia Civil (PC), para os próximos procedimentos.

Queda

A mulher caiu na cachoeira no dia 8 deste mês, um domingo. Inicialmente, o Corpo de Bombeiros divulgou que ela se chamava Michele Moreno e que tinha 22 anos, mas a informação foi atualizada depois que familiares da mulher chegaram a Manaus.

Ela caiu em uma fenda entre três pedras grandes e a altura é de, aproximadamente, 12 metros. Na manhã do dia 9, os bombeiros iniciaram a operação de busca e resgate da jovem, juntamente com a Guarda Municipal de Presidente Figueiredo.

*Atualizada às 12h31, para acréscimo de informações e imagens.