Candidatos ao vestibular têm opções gratuitas de aulas preparatórias em Manaus

Os interessados em participar das atividades de ensino, podem procurar os projetos ‘Conquistar’ e ‘Tchibum’, ambos gratuitos

Bruno Mazieri / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O segundo semestre é marcado por uma série de exames de ensino que selecionam novos estudantes para o ingresso nas universidades estadual e federal, no Amazonas. Porém, a dedicação na hora de estudar o conteúdo programático das provas é indispensável. Para dar suporte aos futuros universitários, dois projetos em Manaus contam com aulas 100% gratuitas. O primeiro é o ‘Um Passo Para a Universidade’, realizado pelo projeto ‘Tchibum’.

Segundo Thais Luzia Oliveira, diretora de comunicação do projeto, a iniciativa começou ano passado e propõe aulas inovadoras, além do incentivo à criação de um cronograma de estudos. “Costumamos fazer duas turmas aos sábados, sendo uma pela manhã e outra pela parte da tarde. Aplicamos o conteúdo do Enem nas disciplinas de português e matemática”, explicou ela, lembrando que no semestre passado as aulas foram realizadas no Centro Estadual de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, no bairro Compensa, zona oeste, mas, agora, mudará de local.

Por se tratar de um projeto que conta com professores voluntários, Thais comentou que as aulas só podem ser realizadas aos sábados e que, até o momento, cerca de 60 pessoas já passaram pelo ‘Um Passo Para a Universidade’. “O projeto não funciona como um cursinho preparatório. Trabalhamos com foco na motivação dos alunos, mas sem esquecer do conteúdo”, disse. As aulas devem começar na próxima semana e as informações sobre o local, bem como inscrições, podem ser acompanhadas pelo Instagram (@institutotchibum).

Outra atividade é o ‘Conquistar’, criado pela Secretaria de Estado da Educação do Amazonas (Seduc) e com foco em alunos do 1º, 2º e 3º ano do Ensino Médio. De acordo com o professor de língua portuguesa e literatura João Batista Gomes, o projeto contempla estudantes tanto da rede pública quanto da particular. “Isso sem falar que é aberto para o Brasil inteiro, pois é on-line. A pessoa pode se inscrever normalmente pelo endereço eletrônico e terá acesso ao material didático”, contou.

Segundo o professor, são 690 aulas, de todas as disciplinas, com 25 minutos de duração, cada. “É um pré-vestibular com foco no 1º ano para o Sistema de Ingresso Seriado da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), 1º e 2º anos para o Processo Seletivo Contínuo (PSC) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e 3º ano para o Macro também da Ufam e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)”.

A cada aula, o aluno terá acesso a um material didático específico e dez questões, que poderão ser resolvidas imediatamente e o sistema, automaticamente, mostrará o desempenho. A medição é cumulativa e com a proximidade dos exames, o ‘computador’ diz o desempenho médio dele (aluno). “As aulas contém duas ou três dicas (macetes), de acordo com o conteúdo mais provável de uma prova”, salientou.

Além disso, o ‘Conquistar’ também contará com aulas presenciais, a partir deste sábado (11), em sete polos criados pela Seduc: Instituto de Educação do Amazonas (IEA), no Centro; Centro Educacional de Tempo Integral (CETI) Gilberto Mestrinho, no Educandos; CETI Áurea Pinheiro Braga, na Compensa; CETI Elisa Bessa Freire, no Jorge Teixeira; CETI João dos Santos Braga, na Cidade Nova; Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Petrônio Portella, no Dom Pedro 2 e Escola Estadual José Bernardino Lindoso, no Novo Aleixo.

“É importante lembrar que, além do conteúdo de 2019, o de 2018 também estará disponível”, finalizou. O professor adiantou, também, que municípios como Itacoatiara, Presidente Figueiredo, Novo Airão, Manacapuru e Rio Preto da Eva devem receber também aulas presenciais. Mais informações podem ser encontradas no Instagram (@conquistar.seducam).

O Instituto Politécnico de Ensino a Distância (iPed) também oferece curso preparatório gratuito para o Enem. No site, é possível encontrar videoaulas de biologia, física, geografia, história, filosofia, inglês, espanhol, matemática, português e química. Lá, também, é possível praticar o aprendizado com centenas de perguntas no padrão do exame nacional. Mais informações podem ser conferidas no site do iPed.