Dupla que praticou um sequestro relâmpago a tia e sobrinha, em Manaus, é presa

No sequestro, uma das vítimas desmaiou com o tratamento agressivo dos suspeitos

Gisele Rodrigues / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Após um sequestro relâmpago de uma tia e sobrinha, na noite do dia 7 de agosto, no estacionamento do Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio, na zona leste de Manaus, dois suspeitos foram presos pela polícia. André Ramos Takafaz, conhecido como ‘Porcão’, foi detido na tarde de segunda-feira (11). Já Weverson de Oliveira Nascimento, 23, já estava preso temporariamente e deve cumprir a prisão preventiva pelo sequestro.

Um dos suspeitos, conhecido como ‘Porcão’, foi preso nesta segunda-feira (11) (Foto: Raquel Miranda)

Na época do sequestro, uma das vítimas, de 45 anos, chegou a desmaiar por conta do tratamento agressivo dos suspeitos. A dupla largou a vítima desacordada e a sobrinha no Armando Mendes e, em seguida. abandonou o veículo.

Imagens: Raquel Miranda

De acordo com o delegado 3ª Seccional leste, Pablo Geovani, ambos os suspeitos são considerados de alta periculosidade. Weverson, conforme o delegado, está preso temporariamente suspeito de cometer um latrocínio, no dia 29 de junho, onde ele rendeu o proprietário de uma distribuidora de gás  no bairro Armando Mendes, zona leste de Manaus.

De acordo com o delegado, Weverson, e o comparsa conhecido  como Zezinho faziam um arrastão na rua, quando invadiram o local e, ao reagir dispararam contra o empresário.

A dupla envolvida no sequestro relâmpago vai responder, segundo o delegado por roubo majorado.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES