Ex-governador cassado José Melo é preso pela Polícia Federal

Ele está acompanhado da ex-primeira dama do Estado, Edilene Oliveira. A ação faz parte de mais operação da Polícia Federal (PF)

Gisele Rodrigues / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O ex-governador cassado José Melo foi preso pela Polícia Federal (PF), na manhã desta quinta-feira (21), e está a caminho da sede do órgão, no Dom Pedro. A informação foi confirmada pelo ex-secretário de Segurança na gestão de Melo e delegado da PF, Sérgio Fontes.

O delegado informou que a ex-primeira dama, Edilene Gomes, também está sendo conduzida pela PF e deve chegar a qualquer momento na sede do órgão. Duas viaturas da PF já chegaram na sede da instituição, no Dom Pedro, ambas sem nenhum suspeito. Fontes informou, ainda, que embora tenha voltado para a PF, no momento, está lotado na Delegacia de Repressão à Entorpecentes, e não acompanha a operação.

A coletiva com os detalhes dos mandados de busca e apreensão e prisão que estão sendo cumpridos, na manhã desta quinta-feira, será às 11h30. A REDE DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (RDC) teve a informação que as viaturas da PF também estão no sítio do ex-governador, na rodovia AM-010.

Ao todo, foram emitidos um mandado de prisão temporária, sendo em Manaus e no Rio Preto da Eva, e mais sete de busca e apreensão. No momento, o advogado do irmão do ex-governador, Evandro Melo, Charles Garcia também está na sede da PF.

Busca e apreensão

Na manhã desta quinta-feira (21), a PF esteve no Salão Beleza Rápida, localizado na Rua Rio Branco, conjunto Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças. O centro de beleza tem como sócia Edilene Gomes de Oliveira.

Na última, a Polícia Federal deflagrou a operação ‘Custo Político’, que prendeu os ex-secretários do governo Melo: Raul Zaidan (Casa Civil), Wilson Alecrim (Saúde), Afonso Lobo (Sefaz) e Evandro Melo (Administração). Este último é irmão do ex-governador cassado.

Em instantes, mais informações.