Homem morre ao ser atropelado por viatura, na zona leste; vítima ficou ‘indecisa’, diz PM

Testemunhas relataram que duas viaturas seguiam em alta velocidade no sentido Centro/bairro da Avenida Autaz Mirim, no momento que o homem tentou atravessar a rua, mas foi atingido por um dos veículos

Jucélio Paiva / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Um homem, ainda não identificado, foi atropelado por uma viatura da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), quando tentava atravessar a Avenida Autaz Mirim 2, no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus, na noite desta quarta-feira (15).

Testemunhas relataram que duas viaturas seguiam em alta velocidade no sentido Centro/bairro da avenida, no momento que o homem tentou atravessar a rua, mas foi atingido por um dos veículos.

Atropelamento aconteceu na Avenida Autaz Mirim 2, no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus, na noite desta quarta-feira (15). (Foto: Jucélio Paiva/Divulgação)

Os policiais da 30ª Cicom seguiam na viatura para uma ocorrência de tiroteio, na Comunidade Monte Sião, também na zona leste, quando atropelaram o homem, que ‘ficou indeciso ao ver as viaturas, quando tentava atravessar a avenida, conforme o tenente coronel Frank Pacheco, Coordenador do Grupamento de Policiamento Ostensivo (CGPO), da Polícia Militar (PM).

Segundo o coronel, a viatura seguia para uma situação de emergência, quando o acidente aconteceu. “Pelas informações colhidas, o transeunte ficou indeciso quanto atravessar ou não [a avenida]. A viatura já estava em situação de emergência, com o giroflex e os sinais sonoros ligados, mas, infelizmente, a indecisão causou, possivelmente, o acidente. Mas isso ai ser analisado pela autoridade policial”, disse.

Peritos do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) periciaram o local do acidente, e o corpo da vítima seguiu para o Instituto Médico Legal (IML). Já a viatura envolvida no atropelamento foi levada para o 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Viatura seguia para uma situação de emergência, quando o acidente aconteceu, diz PM. (Foto: Jucélio Paiva/Divulgação)