Investigador da Polícia Civil morre, após viatura dirigida por ele capotar em Borba

De acordo com informações do Departamento de Polícia do Interior (DPI), no momento do acidente chovia bastante no município. Na ocasião, César Esteves Duarte Júnior, 45, era o motorista da viatura

Da Redação com Assessoria / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O investigador da Polícia Civil (PC) César Esteves Duarte Júnior, 45, morreu na tarde desta quinta-feira (11), após a viatura em que ele estava capotar durante uma ocorrência policial, no município de Borba (a 151 quilômetros ao sul de Manaus). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da PC.

De acordo com informações do delegado Henrique Brasil, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), César e um outro servidor da instituição estavam em uma viatura policial, durante uma diligência em Borba, quando houve o capotamento do veículo. Conforme o delegado, no momento do acidente chovia bastante no município. Na ocasião, César era o motorista da viatura.

O diretor do DPI informou que uma aeronave, disponibilizada pelo governo do Estado, foi enviada ao município de Borba para levar equipes de policiais civis e peritos do Instituto de Criminalística (IC), a fim de esclarecerem as causas da morte do investigador, que era lotado na Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município. A aeronave fará, ainda, o traslado do corpo de César Júnior à capital, onde deverá ocorrer o funeral. O diretor do DPI enfatizou que a Polícia Civil está dando todo o suporte necessário à família de César.

Henrique Brasil ressaltou que o outro policial civil que estava na viatura, foi conduzido até um hospital de Borba para receber atendimento médico e está com quadro estável.