Pacientes de UTI são transferidos durante falta de energia no Platão Araújo

Em nota, a Susam informou que falta de energia foi por volta das 3h30 de sábado (9) e foi causada pelo rompimento de dois cabos que conduzem eletricidade para a unidade. Segundo a secretaria, o fornecimento já foi restabelecido

Stephane Simões / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) informou que o fornecimento de energia elétrica do Hospital e Pronto Socorro (HPS) Platão Araújo, na zona leste, foi restabelecido na noite deste sábado (9), por volta das 19h30. A unidade hospitalar estava funcionando com o auxílio de gerador. Durante o interrompimento, cinco pacientes chegaram a ser transferidos para outros hospitais da rede pública.

Segundo denúncias recebidas pelo GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO, houve “quedas de energia” desde a noite de terça-feira (5), que culminaram na completa “falta de energia” às 8h de quarta-feira (6).

De acordo com denúncia feita ao GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO, a unidade hospitalar estava funcionando com o auxílio de gerador. (Foto: Eraldo Lopes/GDC)

Durante a ‘pane elétrica’, cinco pacientes de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foram transferidos para os hospitais Francisca Mendes (zona norte), 28 de Agosto (zona centro-sul) e de Medicina Tropical (zona centro-oeste), de acordo com nota da Susam.

Em nota, a secretaria informou ainda que a falta do fornecimento de energia ocorreu no sábado (9) e, logo que tomou conhecimento, “adotou as providências para garantir que o atendimento aos pacientes não fosse comprometido”. Conforme informado em nota, a falta de energia foi por volta das 3h30 de sábado e foi causada pelo rompimento de dois cabos que conduzem eletricidade para a unidade.

Segundo a secretaria, foi realizada a substituição de quatro cabos elétricos de alta tensão, em trabalho conjunto realizado entre a equipe de engenharia da secretaria e da distribuidora de energia elétrica.

Enquanto a energia era restabelecida, a unidade funcionava com gerador independente, acionado no momento da pane elétrica. Os pacientes internados não ficaram sem atendimento, de acordo com a nota da secretaria.

Ainda de acordo com a nota, a Susam ressaltou que “o HPS Platão Araújo foi projetado para ser um Serviço de Pronto Atendimento (SPA), não tendo as administrações anteriores feito todas as adaptações necessárias para que funcione com estrutura de hospital”, como funciona atualmente. A secretaria garantiu que irá ampliar a estrutura de geradores da unidade para que situações como a que aconteceu não voltem a se repetir.