• Publicado em 2 de julho de 2010

    Atos secretos do TJAM custam R$ 9 milhões ao ano

    As contratações são irregulares, pois não foram publicadas em Diário Oficial. Maioria das nomeações era de assistentes judiciários que recebem em média R$ 2 mil