PM diz que apreensão de urnas eletrônicas é fake news

Comando Geral afirmou que ficou constatado que não havia irregularidades em transporte feito pelo TRE e que um PM fotografou as urnas e divulgou de 'forma equivocada'

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A Polícia Militar (PM) emitiu nota, neste domingo (21), informando que policiais abordaram um veículo oficial do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que transportava urnas para atendimento ao pleito em Careiro da Várzea na tarde de sábado (20). Na abordagem, foi constatado que não havia irregularidades, segundo a PM. “Porém, um dos policiais fotografou as urnas sendo transportadas, e divulgou em sua rede social de forma equivocada”, afirmou a PM. O caso vai ser apurado, com o intuito de combater a proliferação de fake news.

A polícia emitiu a nota depois que fotos da abordagem passaram a circular nas mídias sociais (Foto: Reprodução)

A polícia emitiu a nota depois que fotos da abordagem passaram a circular nas mídias sociais. O compartilhamento estava seguido da frase “urnas eletrônicas apreendidas em Autazes em carros particulares”.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe de policiais da 8ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Iranduba, que realizava a operação ‘Sentinelas do Amazonas, ação Comunidade Segura’, abordou o veículo oficial do TRE, no qual estavam as urnas.

Na nota, o Comando Geral “reitera que todo o procedimento realizado pelo Tribunal Regional Eleitoral está ocorrendo dentro de sua normalidade com a máxima lisura, não havendo quaisquer dúvidas com relação ao andamento do processo eleitoral”.

O comandante-geral, coronel Cláudio Silva, afirmou que tomou conhecimento do caso e determinou que a ação do policial seja apurada “dentro dos ditames legais, pela Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD), afim de, combater atitudes que disseminem a proliferação de fake news”.