Adolescente é alvejado por tiros após participar de roubos, no Canaranas

O menor, juntamente com outras três pessoas, é suspeito de roubar uma Kombi com R$ 40 mil em produtos de beleza. Ele também teria participado da tentativa de assalto a um sargento da PM

Filipe Távora / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Depois de roubar uma Kombi com R$ 40 mil em produtos da empresa Natura, um adolescente de 16 anos, que teve o nome preservado, foi atingido por três tiros, no conjunto Canaranas, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, na tarde desta terça-feira (15). O adolescente tentava roubar a motocicleta de um sargento da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) quando sofreu os ferimentos, segundo o tenente Fábio Castro, da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Grupo roubou R$ 40 mil em produtos de beleza que estavam em uma Kombi. (Foto: Jimmy Geber/RDC)

Ainda de acordo com o tenente, o adolescente é suspeito de ter agido juntamente com dois homens e uma mulher no roubo a Kombi, contendo R$ 40 mil em produtos de beleza. Após cometer o assalto, o grupo realizou arrastões na zona norte de Manaus, até que se deparou com um sargento da Polícia Militar, no conjunto Canaranas, onde tentou roubar a motocicleta do PM.

Castro informou, ainda, que os quatro criminosos agrediram o sargento, desferindo coronhadas na cabeça dele. Por volta das 14h desta terça-feira, a 6ª Cicom recebeu uma denúncia anônima informando que o adolescente havia sido baleado no local. Os dois homens e a mulher que estavam com o adolescente fugiram. O menor foi socorrido e levado ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo, na zona leste, onde deve passar por cirurgia, segundo o tenente Fábio Castro. Conforme policiais militares da unidade policial, não é possível afirmar quem foi o autor dos disparos, embora a suspeita principal seja de que tenha sido o sargento da PM, que passa bem.

Com o adolescente, os policiais apreenderam um revólver de calibre 32, além da Kombi com os produtos de beleza roubados, que foram levados à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) que investigará o caso. Ainda na tarde desta terça-feira, a mulher que participou dos assaltos se entregou à polícia.

O tenente Fábio pediu para que a população denuncie irregularidades, assegurando que a identidade dos informantes será preservada. “Você, que queira denunciar bocas de fumo, violência doméstica, tráfico de drogas ou veículos roubados, pode ligar para o número 98842-1565, que se encontra 24 horas ligado”, disse.