Adolescente é morto com oito tiros após ser levado para emboscada, no Tarumã

A mãe da vítima suspeita que a família da namorada dele tenha encomendado o crime, por não aprovar o relacionamento. Ela contou que o jovem foi atraído ao local do crime por três meninas

Gisele Rodrigues / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Atingido pelas costas com oito tiros, o adolescente Mário Fernando Marques Albuquerque, 17, foi morto no bairro Tarumã, na zona oeste de Manaus, por volta das 22h30 desse sábado (11), segundo informações do Instituto Médico Legal (IML). A mãe, Elineide Marques, suspeita que o namoro com outra adolescente tenha motivado o crime: “a dor que estou sentindo eles também vão sentir”, disse ela.

A execução, segundo a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), ocorreu na Rua Osvaldo de Andrade e os suspeitos fugiram do local em um veículo branco, de placa e modelo não divulgados pela polícia.

Crime aconteceu na noite deste sábado (Foto: Divulgação)

O adolescente era estudante e, segundo a polícia, trabalhava com reciclagem. Morador do Parque São Pedro, a vítima foi atingida com tiros nas costas, quadril, antebraço, tórax e ombro.

Por telefone, a mãe do adolescente afirmou que a suspeita é que a família da namorada de Mário tenha encomendado a morte do estudante. Segundo Elineide, a mãe da menina não aprovava o relacionamento, por serem ‘muito novos’.

“Ele morreu pra onde eles moravam. Meu filho trabalhava com reciclagem, estudava, fazia o 9° ano e fizeram isso com ele. Mas a dor que estou sentindo eles vão sentir, porque a Justiça de Deus não falha”, comentou ela.

Três meninas levaram Mário até o local onde ele foi executado, segundo informou a mãe do adolescente. Para a polícia, o caso segue sem motivação comprovada e as investigações sobre a autoria do crime e os possíveis mandantes já foram iniciadas.