Após ter carro roubado, taxista é baleado ao pular do porta-malas do veículo em movimento

Quatro suspeitos, entre eles, dois adolescentes, estão envolvidos no crime. Vítima foi atingida por quatro tiros. Depois do crime, suspeitos roubaram outro táxi, mas foram presos durante patrulhamento

Gabriel Machado / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Um taxista, que não teve o nome nem a idade revelados, foi baleado quatro vezes após pular do porta-malas do próprio carro durante uma tentativa de sequestro, na noite desta sexta-feira (12), na zona leste de Manaus. Quatro suspeitos estariam envolvidos no caso, sendo que dois deles são menores de idade. A vítima foi encaminhada ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo. As informações são da 25ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Taxista foi levado para o Platão Araújo. (Foto: Eraldo Lopes)

De acordo com informações da Cicom, o taxista teria aceitado a corrida de um dos suspeitos, que o levou para uma emboscada em um local próximo à comunidade Grande Vitória. No local, os outros três envolvidos na tentativa de sequestro abordaram a vítima e a obrigaram a ir para o porta-malas do carro, um veículo modelo Siena. Um dos suspeitos estava armado.

Cerca de meia hora depois, quando o táxi estava nas proximidades do bairro Zumbi, também na zona leste da capital, o taxista teria conseguido abrir o porta-malas e pulado. Ao perceber a ação da vítima, o suspeito armado disparou quatro vezes contra o taxista que, mesmo ferido, conseguiu fugir. A Cicom não soube informar quais regiões do corpo do taxista foram atingidas pelos disparos.

A vítima foi socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Platão Araújo. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do taxista.

Suspeitos foram presos em outro táxi

Durante um patrulhamento de rotina, na madrugada deste sábado (13), uma viatura da 25ª Cicom prendeu os suspeitos e apreendeu os adolescentes envolvidos no sequestro do taxista. O grupo estava em outro táxi, também roubado.

Segundo informações da Cicom, no momento da abordagem, dois suspeitos conseguiram fugir e os dois menores de idade foram apreendidos. Os adolescentes foram levados para a sede da Delegacia Especializada na Apuração de Atos Infracionais (Deaai), localizada no bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus.

Com os adolescentes, os policiais militares dizem ter apreendido um celular. A polícia já identificou que o aparelho pertence ao taxista baleado.

Em depoimento, os jovens entregaram a identidade dos outros dois envolvidos no caso. Segundo a Cicom, o táxi em que os quatro suspeitos estavam também havia sido roubado na noite desta sexta-feira. O outro veículo, que pertence ao taxista baleado, foi localizado abandonado, nas proximidades da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), na zona leste da cidade.