Com apenas um mês de uso, professor tem carro furtado e pede ajuda para localizar veículo

Os assaltantes também levaram cerca de R$ 5 mil em objetos pessoais da vítima, que estavam dentro do veículo. "Estou desesperado, ainda faltam 35 parcelas", disse

Natasha Pinto / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O professor Ricardo Alexandre Lima, 31, pede ajuda da população para encontrar seu carro, um Onix azul, ano 17/18 e placa PHO-5769, que foi furtado no último sábado (11), enquanto ele jantava com uma amiga em um restaurante, localizado na Avenida Tefé, no Conjunto 31 de Março, Bairro Japiim, zona sul da capital. Conforme Ricardo, o carro tem apenas um mês de uso e ele ainda faltam 35 parcelas a pagar.

“Eu tinha ido para o culto e depois fui jantar com a minha irmã de igreja. Passamos cerca de uma hora no restaurante e quando voltamos o carro não estava lá. Só tem um mês de uso e ainda faltam 35 parcelas para eu poder quitá-lo. Estou desesperado”, completou.

Professor pede ajuda para localizar carro furtado (Foto: Divulgação)

Segundo o pianista e professor de música, um Boletim de Ocorrência (B.O) sobre o caso foi registrado na Delegacia Escpecializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv). Dentro do carro, havia pertences de trabalho e pessoais do pianista.

“Tirando o carro, os pertences somam em torno R$ 5 mil. Tinham dois notebook, uma caixa amplificadora, minhas pastas com documentos de alunos, microfone, além dos meus documentos, cartões de crédito, contra-cheques e a chave reserva do carro que estava no porta-luvas”, disse.

Diogo contou ainda que, nesta segunda-feira, recebeu ligações de desconhecidos, que estão tentando o extorquir. “Eles se denominavam como os que roubaram meu carro e que queriam dinheiro. Mas quando viam que não me intimidavam, desligavam”, falou.

O professor pede que quem identifique o veículo roubado ligue para a Delegacia de Roubos e Furtos, nos números (92) 3652-2000 ou também por meio do 190. “Preciso que chegue a mais pessoas, em algum momento alguém vai falar algo, na internet principalmente. Estou atordoado com tudo isso”, desabafou.

***Matéria atualizada às 13h15



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES