Diretor do Parque do Mindu é vítima de esfaqueamento

José Feitosa da Silva foi esfaqueado no ombro esquerdo ao flagrar dois supostos adolescentes roubando açaí do local

Bárbara Mitoso / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O diretor do Parque Ecológico do Mindu, no bairro Parque Dez, zona centro-sul da capital, José Feitosa da Silva, 53, foi esfaqueado no ombro esquerdo, na manhã desta quarta-feira (13). De acordo com a Polícia Militar (PM), dois suspeitos, que aparentavam ser menores de idade, invadiram o local e começaram a furtar açaí, quando foram surpreendidos pela vítima.

José teria chamado os suspeitos e avisado que eles não poderiam retirar a fruta, quando iniciaram uma discussão que terminou com o esfaqueamento no ombro esquerdo da vítima. Os dois acabaram fugindo por uma área de mata.

A PM foi acionada e uma equipe da 23ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) cercou a área na tentativa de capturar os supostos menores, mas eles não foram encontrados. José foi levado ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto em veículo particular.

Nota

Em nota, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) informou que, na manhã desta quarta-feira (13), o gestor do Parque Municipal do Mindu, José Feitoza, 53, sofreu ferimento de arma branca durante abordagem feita a dois homens que invadiram a área para roubar açaí no interior da unidade de conservação. O local foi fechado por conta do ocorrido.

De acordo com a nota, o espaço possui portaria e ronda da Guarda Municipal e a invasão se deu pelo próprio igarapé do Mindu. Os dois homens fugiram do local e a ocorrência foi atendida pela 23ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Após o flagrante, o gestor foi atingido por um golpe de faca no ombro e se encontra internado, sem risco de morte, recebendo toda a assistência da Prefeitura de Manaus.

As invasões ao parque para retirada irregular de fruto e de madeira são registradas com frequência e justificam o pedido da prefeitura pelo maior policiamento no Mindu e nos demais parques urbanos e áreas de conservação da capital, não só pela circulação de visitantes como também pelo patrimônio ambiental existente.

O parque seguirá fechado nesta quarta-feira.

 

***Matéria atualizada às 16h42 para acréscimo de informações***