Em Manaus, jovem morre nos braços do pai após perseguir assaltantes

Thales Josafá Silva foi atingido com três tiros nas costas por suspeitos que levaram a bolsa da mãe dele e uma moto durante assalto a casa da família

Gisele Rodrigues/ redacao@diarioam.com.br

Após saírem do veículo, segundo o comerciante, os bandidos atiraram contra pai e filho, atingindo o carro da família (Foto: Raquel Miranda)

Manaus – Thales Josafá Silva, 19, morreu com três tiros nas costas, nos braços do pai, o comerciante Sidney Sá da Silva, após quatro homens, ainda não identificados, assaltarem a família e fugirem na moto da vítima, no bairro Colônia Santo Antônio, zona norte de Manaus.

Segundo o comerciante, o quarteto esperava a saída dele. Ele contou que os suspeitos invadiram a casa, que estava com o portão aberto, e fugiram com a bolsa da mãe de Thales e a moto da vítima, de modelo Honda XLR 300 de placa NOW 9262.

Ainda conforme Sidney, um dos homens já chegou a ir na loja de assistência de celular da família e parece ser um conhecido. O comerciante acredita que o crime já era planejado pelos quatro homens.

De acordo com Sidney, após perceber que os suspeitos fugiram com a bolsa da mulher dele, ele e o filho acreditaram que ela estava sendo sequestrada e partiram ao encontro dos bandidos.

“Eu bati na casa de um policial, mas não tinha ninguém. Achei que minha mulher estava sendo sequestrada e fui atrás dele com o carro, até que chegou numa rua sem saída e eu tentei impedir que eles fugissem”, contou.

Após saírem do veículo, segundo o comerciante, os bandidos atiraram contra pai e filho, atingindo o carro da família. Thales morreu com três tiros nas costas.

Thales Josafá Silva morreu no local do crime (Foto: Raquel Miranda)

“Eu o peguei no colo, o sangue jorrava alto, ele estava tremendo. Eu pedi ajuda e nenhum vizinho quis ajudar. Eu perdi meu filho, meu filho novo, inteligente”, disse, emocionado.

Segundo a Polícia Militar, tanto a moto quanto o celular da mulher de Sidney foram levados pelos criminosos, mas têm localizador via GPS e as buscas já foram iniciadas.

Imagens da câmera de segurança mostraram toda ação dos bandidos e serão usadas na investigação.