Homem cobrava R$ 1 mil para entregar CNHs sem realização de exames, diz PM

Segundo a polícia, o homem foi preso após duas mulheres denunciarem que pagaram o valor, mas não obtiveram o documento. Crime aconteciam em Itacoatiara

Girlene Medeiros / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A Polícia Militar (PM) de Itacoatiara prendeu Raimundo Alves de Souza, 32, suspeito de vender Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs), por até R$ 1 mil. A suspeita da policia é de que o homem oferecia o documento para interessados em obtê-lo sem precisar fazer testes e exames exigidos pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

Segundo a polícia, homem cobrava R$ 1 mil para entregar CNHs sem realização de exames (Foto: Divulgação/PM)

A prisão aconteceu na tarde de terça-feira (15). Conforme a PM, Raimundo é suspeito de cobrar entre R$ 800 e R$ 1 mil para entregar a CNH, sem que o futuro motorista precisasse fazer testes e exames do Detran-AM. O homem foi denunciado por duas mulheres, que afirmaram ter pagado valores para obter o documento veicular.

Conforme a PM, às mulheres, Raimundo apenas prometia, mas nunca entregou as CNHs. Ele foi preso na Caixa Econômica Federal (CEF) da cidade. Na ocasião, segundo a PM, as mulheres se encontraram com Raimundo para que ele devolvesse os valores relativos às CNHs.

O trio passou mais de duas horas tentando reaver o dinheiro. À PM de Itacoatiara, Raimundo confessou o crime. Ele foi levado à 2ª Delegacia Regional de Itacoatiara.