Homem é encontrado morto em igarapé no bairro Alvorada

O corpo estava com marcas de facadas nas costas, cabeça, pescoço e no braço esquerdo. A Polícia Civil vai investigar o caso

Girlene Medeiros / redacao@diarioam.combr

Manaus – O corpo de um homem, ainda não identificado até a tarde deste domingo (8), foi encontrado com marcas de golpes de faca e preso a um galho, dentro de um igarapé, em um terreno particular próximo à Rua Aurélio Buarque (antiga Rua 1), no bairro Alvorada, zona oeste de Manaus. O cadáver foi confundido com um boneco e com um colchão pelos comunitários.

De acordo com moradores da rua, que não quiseram ser identificados, o corpo foi visto preso no meio das águas do igarapé, quando o nível do igarapé subiu por causa da chuva que atingiu a zona oeste no início da tarde deste domingo.

“Pensava que era um colchão e, quando fui ver, era um homem. Sempre quando chove, alguma coisa fica presa nos galhos das árvores do igarapé”, disse um dos primeiros moradores a ter visto o corpo e que afirmou ter acionado a polícia.

Corpo estava preso a um galho no igarapé (Foto: Reprodução)

Rígido, o cadáver estava com marcas de facadas nas costas, cabeça, pescoço e no braço esquerdo. Ele trajava camisa vermelha, calça preta e um tênis. Moradores chegaram a suspeitar que o homem morava em uma comunidade próxima ao terreno, que funciona como passagem entre a Rua Aurélio Buarque e a comunidade. No entanto, ninguém afirmou ter reconhecido o homem.

O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e o homicídio deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES