Homem é morto a facadas após discussão em bar, no Riacho Doce

A vítima era cliente do bar há, pelo menos, cinco anos. Segundo testemunhas, o autor do crime desferiu os golpes no tórax e abdômen do homem, que morreu antes de chegar ao SPA do Galiléia

Jucélio Paiva / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Depois de uma discussão em um bar, Antônio Benício Silva, 54, foi morto com duas facadas, na noite desse sábado (15). O estabelecimento fica na Rua Claudino de Lemos, comunidade Riacho Doce 2, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus. A vítima era cliente do bar há, pelo menos, cinco anos.

Homem foi morto a facadas após discussão em bar, no Riacho Doce (Foto: Sandro Pereira)

Familiares da vítima não quiseram comentar sobre o crime, mas um funcionário do bar, que pediu para não ter a identidade divulgada, contou que após a discussão, o autor do crime deixou o bar, e voltou minutos depois, armado com uma faca, e desferiu dois golpes contra a vítima.

O crime aconteceu por volta das 20h30. Segundo o funcionário, Antônio chegou sozinho ao bar e ficou em uma das mesas. Minutos depois, iniciou uma discussão com outro homem, ainda não identificado, que estava ocupando outra mesa.

O funcionário informou que não ouviu o motivo da discussão, mas viu quando o suspeito do crime deixou o bar, e retornou minutos depois. O homem desferiu os golpes no tórax e abdômen de Antônio, que ainda foi socorrido pelos funcionários do bar, e levado até o Serviço de Pronto Atendimento (SPA), do Galiléia, no bairro Monte das Oliveiras, onde já chegou morto.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) abriu um inquérito para investigar a morte, mas até a manhã deste domingo (16) não tinha informações sobre identificação ou localização do autor do assassinato.