Homem é morto com dez tiros, no Zumbi; família suspeita de vizinho

Testemunhas contaram que um homem encapuzado desceu de um carro, na noite desse domingo, e efetuou os disparos

Édria Caroline / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O autônomo Sirley da Silva Bezerra, 31, foi morto com 10 tiros, na noite deste domingo (15), em frente a casa onde morava, na Rua dos Coqueiros, bairro Zumbi 3, zona leste de Manaus. Familiares contam que a vítima já havia sido ameaçada de morte por um vizinho.

Homem é morto com dez tiros, no Zumbi (Foto: Raquel Miranda)

De acordo com uma testemunha, que preferiu não ser identificada por medo de represálias, por volta das 21h, um carro modelo Prisma, cor vermelha e placa não identificada, passou pela rua e, ao avistar Sirley, deu ré. “Assim que o carro passou pela casa, ele saiu para ver o que era. Eles deram ré e um homem saiu atirando”, contou a testemunha.

O homem desceu do veículo, encapuzado, e disparou 10 vezes contra a vítima, atingindo o tórax, abdómen e os braços de Sirley, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Segundo um familiar da vítima, que não quis se identificar, Sirley já havia sido ameaçado de morte por um vizinho, há um mês. “Ele ficava bebendo com outros amigos aqui na frente e esse vizinho é incomodado com eles. Mês passado ele ameaçou o Sirley de morte e agora aconteceu isso. Não temos conhecimento de ninguém que possa ter feito isso, a não ser ele”, relatou o familiar.

O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).