Homem que vendia CDs e DVDs para fazer cirurgia é morto a tiros

O crime foi por volta das 9h30 desta quinta-feira

Jucélio Paiva / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O vendedor Aluízio Gomes Araújo, 44, foi executado com dois tiros na cabeça, na manhã desta quinta-feira (12), em frente à estação da linha de ônibus 418, na Rua H, comunidade Osvaldo Frota, bairro Cidade Nova, zona norte da capital. A prima da vítima, Rosilda Santos, 44, disse que Aluízio vendia DVDs e bijuterias para fazer uma cirurgia nos testículos.

Vendedor havia acabado de chegar para trabalhar em sua banca, quando foi surpreendido pelo criminoso (Foto: Sandro Pereira)

O crime foi por volta das 9h30. O vendedor tinha acabado de chegar em uma motocicleta e estacionado na frente de uma banca, quando o assassino chegou a pé e efetuou um tiro na cabeça de Aluízio. Depois que a vítima estava no chão, o suspeito efetuou outro disparo no rosto da vítima. Aluízio morreu na hora.

Rosilda comentou que há mais de um ano,  Aluízio tentava fazer uma cirurgia nos testículos, mas como estava desempregado, começou vender CDs, DVDs, controles remotos e bijuterias para tentar pagar a cirurgia.

“Ele se virava como podia. Todos os dias, saía para trabalhar. Não sei o que aconteceu. Pensava que ele tinha discutido com alguém, mas disseram que o bandido já chegou atirando e não levou nada dele”, disse.

Os policiais militares da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) disseram que o assassino fugiu do local a pé e foi resgatado pelo comparsa, que estava em uma motocicleta e o aguardava em outra rua do bairro.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o crime.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES