Idosa é detida com R$ 24 mil e polícia suspeita que dinheiro pertença a traficante, em Manaus

A idosa é tia de Celson Alves dos Santos, preso no dia 11 de  maio deste ano em um condomínio de luxo no bairro Ponta Negra com 12 tabletes de maconha, R$ 7 mil e documentos falsificados. Dinheiro estava escondido no forro da casa

Karla Mendes / redacao@diarioam.com.br

Manaus –  Aldenora Alves dos Santos, 76, foi detida, nesta quarta-feira (13), após policiais do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) encontrarem R$ 24 mil que estariam associados ao tráfico de drogas na rua São João, no bairro Compensa, zona oeste de Manaus. A idosa apresentou notas fiscais para a quantia e responderá em liberdade pelo crime de associação ao tráfico.

Idosa disse que o dinheiro é lucro de um bar da família (Foto: Eraldo Lopes)

De acordo com o delegado Paulo Benelli, titular do 19º DIP, a idosa é tia de Celson Alves dos Santos, preso no dia 11 de  maio deste ano em um condomínio de luxo no bairro Ponta Negra com 12 tabletes de maconha, R$ 7 mil e documentos falsificados. A polícia acredita que o dinheiro escondido na casa de Aldenora pertence ao sobrinho dela.

“Essas investigações já estavam acontecendo há muito tempo. A partir da prisão de Celson nós começamos a monitorar as atividades da casa e concluímos que o dinheiro escondido no forro da casa é proveniente do tráfico de drogas e pertence à Celson”, afirmou o delegado.

Celson Alves dos Santos, 34, foi preso no dia 11 de maio (Foto: Divulgação)

A idosa informou à polícia que o dinheiro encontrado na casa é o lucro das vendas de um bar que ela administra no bairro. “Ela apresentou algumas notas fiscais dizendo que o dinheiro era o lucro das vendas do bar, mas com o que vimos nas investigações, este dinheiro é proveniente do tráfico de drogas”, afirmou.

Após ser ouvida pela polícia, Aldenora foi liberada e responderá em liberdade por associação ao tráfico.

Atuava com Zé Roberto

Celson Alves dos Santos, 34, conhecido como ‘Amarelo’ e apontado pela polícia como líder do tráfico de drogas nos bairros Lírio do Vale e Nova Esperança, na zona oeste de Manaus, foi preso no dia 11 de maio.  Ele foi localizado em um condomínio, na Avenida Dona Otília, no Parque São Pedro, no Tarumã, zona oeste de Manaus.

De acordo com o delegado do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP) Paulo Benelli, ele atuava como linha de frente direta do narcotraficante José Roberto Fernandes Barbosa, o ‘Zé Roberto’ e para o filho, Luciano. Segundo a polícia, ele usava o dinheiro do tráfico para manter uma vida de luxo.

De acordo com o delegado, era Celson que ditava as ordens aos demais traficantes do bairro. O homem já tinha um mandado de prisão em aberto por envolvimento na morte de Mário Saboia, que era enteado do ex-policial Moacir Jorge Pessoa da Costa, morto em janeiro deste ano no complexo Penitenciário A isso Jobim (Compaj).