Jovem é morto com cerca de 30 facadas e tem corpo jogado no Jorge Teixeira

Segundo a polícia, o corpo foi encontrado enrolado em uma lona. Testemunhas informaram que o material era de uma campanha política

Gisele Rodrigues / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Cerca de 30 facadas, que atingiram inclusive o pescoço, levaram à morte do autônomo Elias Prado Batista, 19, na noite deste sábado (11), na Rua D, da comunidade Santa Inês, bairro Jorge Teixeira, na zona leste de Manaus. As informações foram confirmadas pelo Instituto Médico Legal (IML).

Corpo foi deixado na comunidade Santa Inês (Foto: Jimmy Geber)

Em um carro branco, de placa e modelo não divulgados, os suspeitos do crime deixaram o corpo do jovem enrolado em uma espécie de lona, segundo informou a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Na manhã deste domingo (12), três testemunhas informaram que o material utilizado era de uma campanha política e vinha estampado o rosto de um candidato, não identificado.

A reportagem procurou por familiares da vítima, no endereço indicado pelo IML, mas ninguém estava no local e vizinhos não souberam informar onde a família velava o jovem, que morreu às 19h do sábado.

No local onde deixaram o corpo, vizinho informaram que, em menos de um ano, era a segunda vez que criminosos matavam e deixavam o corpo na calçada que faz esquina com a Rua R.

Segundo testemunhas, o rapaz não era conhecido na vizinhança e chegou enrolado na lona já morto. Os autores das facadas e a motivação do crime ainda estão sendo investigados pela DEHS.