Manicure é agredida com pedaço de madeira e pedrada, no Mauazinho

Segundo a vítima, a mulher suspeita de cometer as agressões acreditava que ela estivesse tendo uma relação com seu marido. Manicure teve o braço direito deslocado

Jucélio Paiva / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Uma manicure de 37 anos, que pediu para não ter o nome divulgado, desmaiou depois de levar uma pedrada na cabeça, após ser agredida por uma mulher, identificada apenas como ‘Marta’, na Avenida Rio Negro, bairro Mauazinho, zona leste da capital. A vítima também teve o braço direito deslocado e passou por exame de corpo de delito, na manhã deste domingo (21), no Instituto Médico Legal (IML).

O crime aconteceu na manhã de sábado (20). A vítima contou à reportagem do Portal D24AM que foi surpreendida por uma pedrada na cabeça enquanto comprava verduras, na Avenida Rio Negro. A mulher também sofreu várias escoriações pelo corpo, devido as agressões, e foi encaminhada para um médico ortopedista.

A vítima teve o braço direito deslocado e passou por exame de corpo de delito no IML (Foto: Jucélio Paiva/Divulgação)

Ela contou que a mulher suspeita do crime acreditava que ela estivesse mantendo um relacionamento amoroso com o marido dela, que não teve o nome informado. “Ela (suspeita) já tinha ido, no início deste ano, no meu trabalho me ameaçar. Eu falei que não tinha nada com o marido dela mas não imaginava que ela fosse fazer isso. Eu não esperava a pedrada na cabeça e ainda fui agredida com um pedaço de madeira”, disse.

A manicure também relatou que já manteve um relacionamento com o homem, mas que já tinha rompido após descobrir que ele tinha mulher. Ainda segundo a vítima, depois de desmaiar, ela foi levada ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na zona leste da capital.

Um boletim de ocorrência de lesão corporal foi registrado no 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde a vítima informou que deve comparecer na manhã desta segunda-feira (22), para prestar um novo depoimento sobre o caso.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES