Motoqueiros executam mulher a tiros dentro de Uber, no Centro de Manaus

Mulher foi executada após o veículo parar em um semáforo. "Ainda estou em estado de choque”, disse o motorista, que transportava a vítima até o Parque Dez

Jucélio Paiva / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Uma mulher, identificada como Iracele Silva das Neves, 20, foi executada com três tiros na cabeça, dentro de um carro, que operava como Uber, um Gol branco de placa PHD-7440, após o veículo parar em um semáforo, entre as ruas Ferreira Pena e Japurá, no Centro de Manaus, por volta das 17h20 desta quarta-feira (20).

Assassinato aconteceu na tarde desta quarta-feira, no Centro de Manaus (Foto: Divulgação/Jucélio Paiva)

O motorista do Uber, Wendel Andrade dos Santos, 42, disse que dois homens encostaram em uma motocicleta e atiraram cinco vezes contra a vítima, que morreu dentro do carro.

O motorista contou que pegou a mulher em um bar, na Rua Tarumã, com Avenida Constantino Nery, com destino ao bairro Parque Dez, zona centro-sul. “Não deu pra ver placa, nem os suspeitos. Ainda estou em estado de choque”, disse.

Os executores fugiram sem ser identificados. Peritos de Departamento de Polícia Técnico-Cientifica (DPTC) recolheram dois celulares e uma bolsa, com a quantia de R$ 760, em espécie, que estavam em posse da vítima. As cápsulas da arma usada no crime também foram recolhidas mas, segundo os peritos, não foi possível identificar a arma usada pelos criminosos.

Ainda segundo os peritos do DPTC, os disparos atingiram a cabeça, axila direita e pescoço da vítima. Policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vão investigar a morte.

***Matéria atualizada às 19h