Mototaxista é executado com cinco tiros à queima roupa, no Nova Cidade

Ageu Cordeiro Serrão, 34, foi executado com cinco tiros no ponto de mototáxi em que ele trabalhava. Ele foi surpreendido por dois criminosos armados em uma motocicleta

Jucélio Paiva / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O mototaxista Ageu Cordeiro Serrão, 34, foi executado com cinco tiros no ponto de mototáxi em que ele trabalhava, localizado na Rua 25, conjunto Buritis, bairro Nova Cidade, zona norte da capital, no início da noite desta segunda-feira (16).

A vítima foi surpreendida por dois criminosos armados, que estavam em uma motocicleta e efetuaram os disparos à queima roupa, conforme informações de moradores da área que presenciaram o assassinato.

O crime aconteceu por volta das 18h, mas o corpo dele só foi removido por volta de 21h25 para o Instituto Médico Legal (IML). Peritos do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) informaram que os tiros atingiram a cabeça, tórax e barriga do mototaxista, que morreu na hora.

Moradores da rua onde aconteceu o crime, e que pediram para não ter os nomes divulgados, contaram que Ageu estava no ponto com outros mototaxistas, quando dois homens chegaram em uma motocicleta. O homem que estava na garupa desceu do veículo e efetuou os disparos.

Durante a ação, nada foi levado do mototaxista e a motocicleta dele, uma Titan vermelha, foi deixada no local. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).