PC divulga vídeo de dupla suspeita de roubar motociclista e matar outro, no Manoa

No vídeo, a dupla aparece abordando a primeira vítima e, com uma arma, obriga o homem a entregar a moto. Em seguida, segundo a PC, os suspeitos abordaram um outro motociclista, que reagiu e foi baleado

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A Polícia Civil (PC) está pedindo ajuda para identificar dois suspeitos de roubar um motociclista e matar outro, no ano passado, na zona norte de Manaus. A polícia divulgou um vídeo em que a dupla aparece abordando a primeira vítima e, com uma arma, o obriga a entregar a moto. Em seguida, segundo a PC, os suspeitos abordaram um outro rapaz, que reagiu, foi baleado e morreu.

De acordo com o delegado Adriano Felix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), até o momento, os homens ainda não foram identificados. Conforme a polícia, o latrocínio ocorreu na Avenida Francisco Queiroz, Conjunto Manoa, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus.

A polícia informou que no dia 11 de outubro de 2017, por volta das 17h, os dois homens abordaram o condutor de uma motocicleta, no momento em que ele estava parado em frente a uma loja na Avenida Francisco Queiroz. Com uma de fogo, um dos homens exigiu que a vítima entregasse o veículo que conduzia, uma Honda Bros 160, de placa PHC-3953. A ação foi registrada por câmeras de segurança instaladas no estabelecimento comercial.

Adriano Felix ressaltou que, após o roubo, os homens fugiram na motocicleta da vítima. Minutos depois, a dupla abordou Patrick Wesley Santana, na mesma avenida, com a intenção de roubar a moto que ele conduzia. Patrick reagiu à ação da dupla e acabou alvejado por um dos homens.

Segundo a polícia, a vítima, que tinha 22 anos, morreu logo após ser baleada, depois de socorrida por pessoas que estavam no local.

Depois de atirar contra o rapaz, segundo a PC, a dupla fugiu na motocicleta da primeira vítima.

De acordo com Adriano Felix, quem puder colaborar com informações sobre a identificação e localização dos suspeitos pode entrar em contato com os policiais civis da Derfd pelo número: (92) 99148-5290, o disque-denúncia da delegacia.

Denúncias também podem ser feitas ao número 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, afirmou Felix.