PM morre atropelado na manhã deste sábado; motorista tinha álcool no organismo

Kleber Ricardo Gomes Ventilari estava de serviço no momento em que foi atropelado por Thomé Mateus Jesus Torres, na Avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra

Édria Caroline / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Thomé Mateus Jesus Torres, 21, estava com 0,57 miligramas de álcool no organismo, segundo o teste de alcoolemia ao que foi submetido, no momento em que atropelou e matou o soldado da Polícia Militar (PM) Kleber Ricardo Gomes Ventilari, lotado na 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), enquanto o mesmo estava em serviço, no início da manhã deste sábado (8).

De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), o soldado da PM, por volta das 4h, auxiliava na remoção de um veículo modelo S10 de cor vermelha, que havia subido no canteiro da Avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, zona oeste de Manaus.

Ele entrou no carro e o conduziu, tirando o veículo de cima do canteiro. Quando desembarcava da S10, foi surpreendido por outro veículo da marca Pegeout, cor prata, de placa NPA-3530, conduzido por Thomé Mateus em alta velocidade. O soldado da PM não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Kleber Ricardo Gomes Ventilari morreu atropelado neste sábado (8) (Foto: Divulgação)

O motorista que atropelou Kleber foi submetido ao teste de alcoolemia, onde o resultado foi 0,57. O limite tolerado para que não se caracterize infração de trânsito é de 0,04 miligramas de álcool por litro de ar alveolar. Ele foi levado para o 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP) onde permanece preso pelo crime. Thomé Mateus deve ser encaminhado para audiência de custódia ainda na tarde deste sábado.

Até as 9h10 deste sábado, o corpo do soldado da PM ainda não havia sido liberado pelo Instituto Médico Legal (IML), sem qualquer informação sobre local e horário do velório da vítima.

A Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do soldado, Informando ainda, que tão logo haja informações quanto a data e local do enterro, será informado pelas redes sociais da coorporação, a fim conhecimento de todo o efetivo da PM-AM e demais amigos, familiares, para ser prestado as últimas homenagens.

“A PM-AM se solidariza com os familiares e amigos, pedindo conforto a seus corações e forças para transformar a dor da perda em esperança. Transmitimos nossos mais profundos sentimentos”, diz parte da nota.