População fez mais de 10,3 mil denúncias anônimas até novembro, diz SSP

Conforme a SSP, o número corresponde a um aumento de 51% se comparado com o mesmo período do ano passado, quando foram recebidas 6,8 mil denúncias

Da redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Mais de 10,3 mil denúncias da população foram recebidas de janeiro a novembro deste ano pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) via Disque-Denúncia 181. Conforme a secretaria, o número corresponde a um aumento de 51% se comparado com o mesmo período do ano passado, quando foram recebidas 6,8 mil denúncias.

Das 10.396 denúncias recebidas este ano, 68,97% (7.171) foram referentes ao tráfico de entorpecentes em todo o estado. Entre as demais denúncias estão localização de foragidos do sistema prisional, roubos e furtos em geral, homicídio, maus tratos a idosos, corrupção de menores (aliciamento, abuso), além de violência doméstica/familiar e estelionato.

Denúncias podem ser feitas pelo 181 (Foto: Divulgação/SSP)

Os dados são da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) que coordena o serviço e transmite as denúncias para investigação pelas unidades policiais. De acordo com o secretário de Segurança Pública, coronel Amadeu Soares, o aumento no número de denúncias resultou, consequentemente, em um aumento no número de prisões e combate à criminalidade, diminuindo, assim, a quantidade de homicídios e latrocínios em todo estado.

“Feitas às devidas depurações, 40% dessas denúncias viraram procedimentos e os indivíduos foram de fato presos. Isso demonstra claramente que a população passou a acreditar mais no trabalho da polícia e a denunciar mais. Essas denúncias estão resultando em prisões”, disse o secretário.

Os meses com maior percentual de aumento de denúncias foram fevereiro, no qual foram recebidas 821 denúncias neste ano contra 447 recebidas em 2017, totalizando um aumento de 83,7%, maio (85,2%), julho (68,1%) e setembro (64,2%).

Horário ampliado

Segundo o secretário executivo da SSP-AM, delegado Herbert Lopes, o aumento no número de denúncias também é em decorrência da ampliação do horário de atendimento do Disque-Denúncia.

Desde abril deste ano, o 181 passou a funcionar em regime de 24 horas, de domingo a domingo. Até o mês de maio, o serviço funcionava de 7h30 até às 22h. Com a ampliação do horário de atendimentos, o número de denúncias teve um aumento de 52,6% se comparados o período de abril a novembro deste ano e do ano passado.

Neste ano, foram recebidas 7.678 denúncias após a ampliação do horário de atendimento do 181. No mesmo período de 2017 foram recebidas 5.030 denúncias.