Presa por jogar amiga do 4º andar é liberada em audiência; estado da vítima é gravíssimo

Segundo a Susam, a vítima está internada na UTI do HPS João Lúcio. A suspeita do crime, que diz não lembrar do que aconteceu, teve liberdade provisória concedida

Girlene Medeiros / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Thayany Bruna de Souza, 20, que foi jogada pela janela do 4º andar, no conjunto Viver Melhor, bairro Lago Azul, zona norte de Manaus, está internada em estado gravíssimo, conforme informou a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), por meio de assessoria de imprensa. Ana Caroline de Lima Pinheiro, 34, presa suspeita do crime, teve liberdade provisória concedida durante audiência de custódia, no Fórum Henoch Reis, zona sul, na tarde desta quarta-feira (6).

Caso aconteceu no Viver Melhor 2 (Foto: Reprodução/Record News Manaus)

Conforme a Susam, a vítima está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na zona leste da capital, e será submetida a um procedimento para controle da pressão intracraniana.

O caso

Ana Caroline foi presa, na noite da última terça-feira (5), suspeita de ter jogado Thayany da janela do 4º andar, do conjunto Viver Melhor, durante uma ‘bebedeira’. A mulher, que negou o crime à polícia, foi autuada no 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP) por tentativa de homicídio.

Conforme a delegada do 26º DIP, Rita Tenório, Ana Carolina informou, em depoimento, que Thayany estava na casa dela, desde a última sexta-feira (1º). Ela informou à polícia que as duas passaram a tarde e início da noite bebendo e que não lembra do que aconteceu.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES