Presidiário do semiaberto é morto a tiros, no Coroado

O rapaz, que usava tornozeleira eletrônica, havia sido condenado a seis anos e quatro meses em regime semiaberto, após ter roubado um celular

Gisele Rodrigues / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O presidiário do semiaberto Lucas Paulo de Souza Nunes, 18, foi morto com disparos de arma de fogo, na noite deste sábado (11), no bairro do Coroado, na zona leste de Manaus. Lucas, que usava uma tornozeleira eletrônica desde o início deste mês, estava andando, por volta das 22h, quando dois homens em uma moto o abordaram e dispararam contra ele.

Lucas foi condenado a seis anos e quatro meses em regime semiaberto, após ter cometido um roubo, em março deste ano. Segundo a denúncia apresentada à Justiça pelo Ministério Público do Estado (MP-AM), ele estava em companhia de um adolescente quando roubou o celular de uma mulher, no Centro da capital.

Segundo o Instituto Médico Legal (IML), Lucas chegou a ser levado para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na zona leste, mas morreu cerca de uma hora após dar entrada na unidade. Os disparos atingiram principalmente o abdômen do jovem.

O caso deve ser investigado pelo Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).