Preso com tornozeleira eletrônica é encontrado morto, no Novo Aleixo

Segundo a polícia, o homem estava amarrado e apresentava perfurações de faca nas costas. No IML consta que ele foi morto por estrangulamento

Carla Albuquerque / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Um presidiário, ainda não identificado, foi encontrado morto, na madrugada desta quarta-feira (16), no Novo Aleixo, zona norte de Manaus. De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o homem, que estava usando tornozeleira eletrônica, foi amarrado e morto por estrangulamento, além de apresentar perfurações de faca nas costas.

Preso com tornozeleira eletrônica é encontrado morto, no Novo Aleixo (Foto: Divulgação)

Consta nos registros do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) que o corpo foi encontrado por volta de 0h55. Moradores informaram aos policiais da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) terem visto que um carro passou pela Rua Cachoeira do Uribui, parou, abriu o porta-malas, tirou o corpo e o jogou no local.

Em seguida, os criminosos foram embora. De acordo com a DEHS, o presidiário estava com as mãos e os pés amarrados. Além disso, ele apresentava duas perfurações de faca nas costas. No Instituto Médico Legal (IML) consta que ele foi morto por estrangulamento. A corda ainda foi encontrada no pescoço do homem.

Conforme o IML, o homem tinha entre 25 e 30 anos e apresentava tatuagens, entre elas uma de um casal de crianças, nas costelas, subscrito a palavra ‘Izileide’, outra no peito com os nomes ‘Miguel e Melissa’, além de uma no braço esquerdo escrito ‘Jesus Cristo’. O corpo segue na sede do Instituto, à disposição de familiares.