Sucata é morto por suposta briga por tráfico na Glória, diz Polícia Civil

De acordo com informação da polícia, o homem havia sido procurado por outro traficante para dividir lucros, mas ele se negou

Carla Albuquerque / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Anildo Ferreira de Azevedo, 39, o ‘Sucata’, que segundo a Polícia Civil (PC) comandava o tráfico de drogas no bairro da Glória, foi morto com ao menos quatro tiros, perto da casa onde morava, na Rua Osvaldo Cruz, enquanto brincava em uma banda de carnaval. De acordo com informações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), ele foi morto durante disputa por pontos de venda de droga.

Sucata foi atingido com quatro tiros e morreu no local (Foto: Reprodução/Facebook)

Conforme informações da DEHS, o crime ocorreu por volta das 23h. Segundo testemunhas informaram aos policiais da delegacia especializada, Sucata estava se divertindo e vendendo entorpecentes quando os suspeitos chegaram ao local e começaram a atirar.

Sucata foi atingido com quatro tiros e morreu no local. Segundo a polícia, Anilado era quem comandava o tráfico na Glória e há cerca de dois meses foi procurado por um traficante chamado ‘Natan’, para dividirem território de venda de drogas, mas o homem se negou.

A polícia informou que foi por causa de se negar a dividir os pontos de venda de entorpecentes que Sucata foi executado pelo traficante rival. O caso segue em investigação pela DEHS.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES