Suspeito de assaltar ônibus é preso após ser agredido por passageiros na zona norte

Após assalto a um ônibus da linha 430, o homem foi agredido pelos passageiros revoltados. Ele foi preso pelos policiais da Força Nacional, mas o comparsa dele, que estava armado, conseguiu fugir

Jucélio Paiva / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Um homem suspeito de assaltar um ônibus da linha 430, da empresa Líder, foi agredido pelos passageiros revoltados, na tarde desta sexta-feira (10), na Avenida Torquato Tapajós, bairro Colônia Terra Nova, zona norte de Manaus. Familiares do rapaz agredido, entre eles a mãe do jovem, passaram no local da ocorrência e reconheceram o suspeito.

O homem agredido foi preso pelos policiais da Força Nacional, mas o comparsa dele, que estava armado com um revólver, conseguiu fugir. Cerca de 30 passageiros estavam no coletivo, que seguia no sentido Centro/Bairro, para o município de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros a nordeste de Manaus), quando os suspeitos anunciaram o assalto, nas proximidades do Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz.

Um dos passageiros, Luiz Albuquerque da Frota, 44, contou que foi um dos primeiros a ser rendido pela dupla. “Um estava com um revólver e foi para o rumo da frente. Pegou o celular de uma mulher. O que estava atrás feriu um passageiro, foi quando o motorista parou o ônibus e os outros passageiros pularam em cima do assaltante que estava com o punhal e começaram a agredir ele. O outro fugiu”, disse.

O suspeito que estava armado com o revólver fugiu com o aparelho celular da mulher. O suspeito agredido, que não teve o nome divulgado, foi socorrido pelos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o HPS Delphina Aziz. Após ser liberado do hospital, o homem deve ser levado para prestar depoimento sobre o crime, no 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

**Atualizada às 18h41 para acréscimo de informações.