Suspeito de estuprar sobrinha de nove anos, no Pará, é preso em Parintins

Homem foi denunciado pela irmã, que é mãe da criança. Após o crime, ele fugiu em uma embarcação, que foi interceptada pela Polícia Civil e Marinha, perto de Parintins

Gabriel Machado / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Um homem, 22, foi preso, na madrugada deste sábado (13), no município de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), suspeito de estuprar a sobrinha de nove anos na cidade de Juruti, no Estado do Pará. Jacó Pinheiro Grau foi denunciado pela mãe da criança, que não teve o nome revelado, e estava foragido desde sexta-feira (12). As informações são da Polícia Civil (PC) de Parintins.

Jacó Pinheiro Grau é suspeito de estuprar a sobrinha, de nove anos. (Foto: Divulgação/Polícia Civil).

De acordo com o delegado Adilson da Cunha, a mãe da menina procurou a polícia de Juruti para informar que seu irmão havia abusado sexualmente da criança, na sexta-feira (12). Após o crime, o suspeito teria sido visto fugindo do município paraense em uma embarcação intitulada Obidense II.

Embarcação onde homem estava foi interceptada pela PC e Marinha. (Foto: Divulgação/PC)

Em ação conjunta com a Marinha do Brasil, a Polícia Civil de Parintins conseguiu interceptar o barco nas proximidades da cidade amazonense. A embarcação tinha como destino Manaus, porém, Jacó seguiria para Itacoatiara. A polícia precisou acionar a Capitania dos Portos para que o barco atracasse no Porto do Parintins.

Durante revista no interior da embarcação, que continha cerca de 800 pessoas, os policiais conseguiram localizar Jacó, que foi preso e encaminhado ao 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), em Parintins. Conforme informações do delegado, o suspeito será transferido para Juriti e responderá pelo crime de estupro de vulnerável.