Suspeito de roubo é preso após invadir casa e tentar estuprar criança de 10 anos

Segundo a polícia, Rossini da Silva Roberto cometeu os crimes na sequência, na madrugada deste domingo

Carla Albuquerque/redacao@diarioam.com.br

O suspeito foi autuado por roubo e estupro de vulnerável (Foto: Divulgação)

Manaus – Rossini da Silva Roberto,  26, foi preso, na manhã deste domingo (13), por suspeita de praticar um roubo e, em seguida, ter invadido uma casa e estuprado uma menina de 10 anos, na Rua Q, no bairro Armando Mendes, na zona leste de Manaus.

Segundo o delegado plantonista do 9° Distrito Integrado de Polícia (DIP), João Victor Tayah, o estupro foi flagrado pela mãe da menina.

Tayah informou que, primeiro, Rossini invadiu uma empresa, no Distrito Industrial, na companhia de um homem, ainda não identificado, e armado com um terçado, roubou um  notebook.

Após o roubo,  de acordo com o delegado, Rossini arrombou a casa da família da menina, invadiu o quarto onde ela dormia e tentou estuprá-la. Segundo o delegado, a mãe ouviu barulhos da menina e, quando fui ao local, encontrou o suspeito tirando a calcinha da filha, com o terçado  na mão.

Após a chegada da mãe, o suspeito conseguiu fugir do local.  Em seguida, de acordo com o delegado, policiais militares foram a residência do suspeito, onde o prenderam. Na residência, a polícia também localizou o notebook roubado.

Rossini foi levado ao 9° DIP, onde, conformeo delegado, negou os dois crimes. “Ele disse que já foi preso cinco vezes por roubo, mas que não estuprou a menina. Ele também negou ter roubado a empresa, mas a polícia encontrou na casa dele o notebook roubado”, disse Tayah.

O suspeito foi autuado por roubo e estupro de vulnerável.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES