Trio preso com drogas é suspeito de integrar associação criminosa interestadual, diz PC

Durante as investigações sobre um roubo, ocorrido no último sábado, em Manaus, a polícia conseguiu prender um casal com drogas e um foragido da Justiça

Com informações da assessoria / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Ivanilson Ribeiro Miranda, 23, e Thais Dias Mafra, 25, foram presos em flagrante, na última segunda-feira (13), por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas na capital. Um foragido da Justiça identificado como Diogo Santos Souza, 29, foi recapturado durante os trabalhos, conforme explicou o delegado Henrique Brasil, titular do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

O trio foi preso por equipes do 12º DIP (Foto: Divulgação/PC)

De acordo com o delegado, os policiais chegaram até a dupla e o foragido durante as investigações em torno de um roubo, ocorrido no último sábado (11), por volta das 13h30, em uma churrascaria, situada na Avenida Torquato Tapajós, bairro Flores, zona centro-sul.

A ação iniciou na tarde de segunda-feira, com a prisão de Thais, na Rua Lígia Pinto, Conjunto José Bonifácio, bairro Colônia Santo Antônio, zona norte da capital. Diogo e Ivanilson foram presos na noite de segunda-feira, por volta das 22h30, em um shopping localizado na Avenida Djalma Batista, zona centro-sul da cidade.

O delegado ressaltou, ainda, que o trio possivelmente faz parte de uma associação criminosa interestadual. Fabrício, que ainda está sendo procurado pela polícia, é o responsável financeiro, e também em receber os entorpecentes vindas de municípios do interior do Estado em um porto da capital. Thais é responsável por organizar as substâncias ilícitas para a comercialização e envio para outros estados.

“É importante destacar que ontem o grupo enviou entorpecentes para Joinville, em Santa Catarina. Essa droga foi recebida naquela cidade e até o momento não temos mais informações relevantes sobre o andamento das investigações feitos pela Polícia Civil daquele Estado”, pontuou Brasil.

Prisões

Durante as diligências, a equipe policial recebeu informações de que a arma utilizada durante o roubo naquele estabelecimento pertencia a um homem identificado como Fabrício, que é companheiro de Thais, e que ele também teria envolvimento com o tráfico de drogas.

“Com base nessas informações, a equipe se deslocou para a residência de Fabrício, situada no Bairro Colônia Santo Antônio, porém o mesmo não se encontrava no imóvel. No local estava presente somente a companheira dele, Thais. Ao perceber a presença dos policiais civis, a infratora apresentou nervosismo, e confessou as ações criminosas efetuadas pelo companheiro. Ela informou, também, que Fabrício possuía uma pistola, mas que arma não estava guardada na residência”, explicou Brasil.

Durante as diligências no local, um veículo que pertence à Fabrício foi encontrado na parte externa do imóvel. Em revista no carro, foi encontrada uma porção grande de cocaína. “No momento em que encontramos a substância ilícita, Thais confessou que ajudava o companheiro dela a comercializar drogas, e que eles enviavam entorpecentes inclusive para fora do Estado. A infratora confessou, ainda, que o proprietário das drogas seria Ivanilson, e informou que o mesmo estaria no referido shopping por volta das 22h30, provavelmente portando uma arma de fogo”, ressaltou o delegado.

Conforme Brasil, os policiais civis se deslocaram até o estabelecimento comercial e, durante as incursões, encontraram Diogo no local. Diogo foi apontado por Thais como um homem responsável por cometer roubos na capital, juntamente com Fabrício.

Em seguida, a mulher apontou o carro utilizado por Ivanilson no estacionamento do lugar. Quando Ivanilson chegou no veículo dele, foi realizada abordagem, onde foi encontrada uma pistola nove milímetro e 14 munições de mesmo calibre intactas.

Ivanilson foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte irregular de arma de fogo de uso restrito. Já Thais foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), foi verificado que Diogo já tem passagem pela polícia por roubo e tráfico. Ele possui sentença condenatória em seu desfavor e será encaminhado para o sistema penitenciário, onde ficará à disposição da Justiça.

Ao término dos trâmites cabíveis na unidade policial, eles serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona Sul. Para finalizar o titular do 12º DIP informou que as investigações em torno do roubo a churrascaria irão continuar com intuito de identificar e prender todos os envolvidos no delito.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES