Sarampo: crianças da faixa etária prioritária podem receber ‘dose de campanha’ até sexta

Todas as crianças da faixa etária devem receber a dose, mesmo que estejam com o cartão de vacinas atualizado. A exceção é para o caso de crianças que tenham recebido o imunobiológico há menos de 30 dias

Com informações da assessoria / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Os pais e responsáveis que por alguma razão não tenham conseguido levar as crianças de seis meses a cinco anos, 11 meses e 29 dias para vacinar no Dia ‘D’ contra o sarampo, realizado no sábado (14), podem levar as crianças aos postos até a próxima sexta-feira (20). A campanha da Prefeitura de Manaus foi prorrogada.

Todas as crianças da faixa etária devem receber a dose, mesmo que estejam com o cartão de vacinas atualizado (Foto: Divulgação/Semsa)

Todas as crianças dessa faixa etária devem receber a chamada ‘dose de campanha’, mesmo que estejam com o cartão de vacinas atualizado. A exceção é para o caso de crianças que tenham recebido o imunobiológico há menos de 30 dias.

“Montamos 500 postos em toda a cidade, para facilitar o acesso das famílias, mas nossas unidades de saúde estarão recebendo as crianças dessa faixa etária até a próxima sexta-feira para essa dose da vacina. Vamos continuar trabalhando para eliminar o sarampo de nossa cidade”, orienta o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

O secretário enfatiza que é imprescindível que as crianças nessa faixa etária recebam essa dose porque o 5º Informe Epidemiológico de Monitoramento do Sarampo em Manaus, divulgado no último dia 10 de abril, pela Sala de Situação de Vigilância de Saúde, indica que 71% dos casos suspeitos da doença estão concentrados em crianças de até cinco anos de idade.

Do total de 183 casos notificados em Manaus, o Informe aponta que 16 estão na faixa etária de um a cinco meses de idade e 114 em crianças de seis meses a cinco anos, razão pela qual as ações de prevenção direcionadas para essa faixa etária foram priorizadas.