Terceirizados cobram quatro meses de salário atrasado em protesto, na Darcy Vargas

Funcionários que prestam serviços de portaria em hospitais do Estado bloquearam parte da Avenida, na manhã desta segunda-feira, no sentido Centro/bairro

Natasha Pinto / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Funcionários da empresa LBC, terceirizada pelo Governo do Estado para serviços de portaria do Hospital 28 de Agosto e Hospital da Criança, reivindicaram, na manhã desta segunda-feira (13), o pagamento de quatro meses de trabalho que estão atrasados. Os trabalhadores bloquearam parte da Avenida Darcy Vargas, na zona centro-sul da capital, em frente à empresa privada, com fogo em pedaços de madeira.

Protesto reuniu trabalhadores na Avenida Darcy Vargas (Foto: Natasha Pinto/Divulgação)

O funcionário André Silva disse que a empresa ainda não pagou os salários por conta da falta do repasse de verba da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz). De acordo com ele, o atual governador pediu 30 dias para revisão dos contratos mas alega que o prazo já expirou.

“Estamos com dois, três, quatro meses sem receber, sendo que temos aluguel para pagar, contas de água, luz, telefone, estamos cheios de contas. Nós não temos culpa se ele (o governador) pegou o estado em crise, nós somos trabalhadores e queremos receber o que é nosso de direito”, disse.

Romário Costa, que também é funcionário terceirizado do governo, conta que a manifestação foi uma decisão para que juntos pudessem reivindicar pelos seus salários e o tickets alimentação, e, em respeito à população, não pararam os serviços.

“Nós temos neste momento colegas que estão sendo despejados, foram trabalhar hoje sem receber e estavam ontem a noite chorando, sabendo que quando chegassem em casa teriam que ir embora e não sabem pra onde”, relatou.

Parte da via foi bloqueada pelos manifestantes (Foto: Natasha Pinto/Divulgação)

Em entrevista ao D24am, a gerente administrativa da LBC, Nazaré Carvalho, afirmou que o Estado já está repassando a verba, aos poucos, e que alguns funcionários já estão recebendo os seus salários atrasados.

“A LBC em nenhum momento quer ou tem a intenção de prejudicar qualquer funcionário, nós estamos nos dedicando ao máximo para que seja liberado o mais rápido possível os pagamentos. A medida que a liberação dos pagamentos, nós fazemos imediatamente o repasse e a composição dos salários devidos”, esclareceu.

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) foi acionado para auxiliar o trânsito no local, onde a via ficou parcialmente bloqueada, no sentido Centro/bairro. O trânsito na área foi liberado por volta de 9h30.

Resposta

Em nota, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) informou que liberou uma parte do pagamento de todas as empresas terceirizadas que prestam serviços para o Estado nas áreas de conservação, limpeza e vigilância na última sexta-feira, 10 de novembro. Os demais pagamentos pendentes na Sefaz para os fornecedores que integram estas categorias serão liberados nesta segunda-feira, 13, segundo informou a secretaria.

Além disso, segundo a Sefaz, foi constituído um calendário para regularizar prioritariamente as despesas de até R$ 50 mil. As ordens bancárias para efetivar os créditos começam a ser enviadas para os bancos ainda esta semana. Os demais pagamentos dependem de fluxo de caixa para serem efetivados.

***Matéria atualizada às 14h



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES