Filhote de peixe-boi é resgatado na APA Nhamundá e trazido de barco até Manaus

De acordo com o gestor da APA Nhamundá, Otávio dos Santos, o animal foi encontrado na quarta-feira (23) por um casal de caseiros de uma fazenda, ainda com cordão umbilical

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Um filhote de peixe-boi de aproximadamente uma semana de vida chegou a Manaus, nesta segunda-feira (28), após ser resgatado por moradores da Comunidade Vista Alegre, localizada na Área de Proteção Ambiental (APA) Nhamundá (a 383 quilômetros a leste de Manaus). O animal veio em um barco recreio, trazido pelo servidor da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) responsável pela gestão da APA.

Filhote de peixe-boi veio em um barco recreio. (Foto: Ricardo Oliveira/Sema)

De acordo com o gestor da APA Nhamundá, Otávio dos Santos, o animal foi encontrado na quarta-feira (23) por um casal de caseiros de uma fazenda, ainda com cordão umbilical.

“Assim que soubemos, entrei em contato com um veterinário em Manaus que nos deu orientações sobre como cuidar do filhote até trazê-lo para a capital. Conseguimos trazê-lo bem até Manaus, onde receberá todos os cuidados”, explicou.

O filhote é uma fêmea, mede cerca de 80 centímetros e pesa aproximadamente 10 quilos. A suspeita é de que tenham matado a mãe do animal.

No Porto de Manaus, o animal foi entregue para uma equipe de resgate do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), que levou o animal para o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa).

O animal foi alimentado pelo veterinário Anselmo D’Fonseca, da Associação Amigos do Peixe-boi (Ampa), e colocado junto com outros filhotes no tanque, para diminuir o estresse devido à longa viagem. De acordo com o veterinário, o animal apresenta bom estado de saúde.

O animal foi colocado junto com outros filhotes em um tanque, para diminuir o estresse devido à longa viagem. (Foto: Ricardo Oliveira/Sema)