Ipaam autua responsável por desmatamento em RDS Puranga Conquista

O Ipaam informou que também constatou vegetação florestal suprimida em Área considerada de Preservação Permanente (APP), próximo à Cachoeira do Arara

Manaus – O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) autuou responsável por desmatamento na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Puranga Conquista, na margem direita do Rio Negro (a 65 quilômetros de Manaus). O instituto também constatou vegetação florestal suprimida em Área considerada de Preservação Permanente (APP), próximo à Cachoeira do Arara. A autuação foi divulgada nesta quarta-feira (20).

Operação de fiscalização ocorreu nesta terça-feira (19) (Foto: Ricardo Oliveira/Ipaam)

De acordo com o gerente da Gerência de Fiscalização (Gefa) do Ipaam, Hermógenes Rabelo, a ação foi motivada por denúncia anônima ao instituto. “Nós recebemos uma denúncia no qual nos foi repassado que havia desmatamento. A equipe de fiscalização autuou um dos responsáveis pelo desmatamento e embargou a área com vegetação suprimida”, disse.

A operação ocorreu na terça-feira (19). Na área, foram coletados dados e informações para identificação dos demais responsáveis pelos ilícitos ambientais e demais procedimentos administrativos que serão adotados. Ele relembrou que novas ações de fiscalizações estão sendo programadas pelo Ipaam na área da Unidade de Conservação (UC), devido à fragilidade da RDS que está localizada próximo a Manaus.