Defesa Civil registra mais de 20 ocorrências por causa da chuva

A zona norte foi a mais afetada pela chuva, com média de 13mm. Uma casa de madeira, no Beco Irara, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, zona norte de Manaus, desabou

Stephane Simões e Natasha Pinto/ redacao@diarioam.com.br

Duas casas no Beco Irara, na comunidade Nossa Senhora do Perpétuo, foram atingidas por uma árvore (Foto: Sandro Pereira)

Manaus – Na manhã desta segunda-feira (7), a Defesa Civil, por meio da central 199,  registrou 21 ocorrências, sendo dez destelhamentos, nove tombamentos de árvores, um tombamento de placa e um desabamento de casa, em decorrência da forte chuva.

Ainda segundo a Defesa Civil, a zona norte foi a mais afetada pela chuva, com média de 13mm.

Duas casas em área de risco no Beco Irara, na comunidade Nossa Senhora do Perpétuo, foram atingidas por uma árvore. O dono da casa, Luciano Martins da Silva, que mora com a mulher e mais cinco filhos, conta que tudo começou por volta das 3h.

“Era criança correndo, as telhas das casas caindo e a árvore caiu. Os vizinhos ajudaram a recolher as crianças”, disse, ressaltando que ninguém se feriu.

Luciano está desempregado e parte da casa dele ficou destruída. Ele conta que está aguardando a equipe da Defesa Civil.

A diarista Rosimar Pereira, 38, teve a casa destelhada durante a forte chuva e todos os móveis ficaram molhados. Ela mora há sete anos no local, com cinco filhos e disse que a casa já corria risco de desabamento.

Rosimar informou que estava dormindo quando começou ouvir os estalos.  “No momento que começou a chuva, caiu o telhado na cabeça do meu filho e todo mundo saiu correndo gritando. A vizinha da frente que nos deu abrigo”, contou. A criança passa bem.

No local dos desabamentos, havia uma equipe da Secretaria da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh) fazendo o cadastro das famílias afetadas, que devem receber o auxílio-aluguel no valor de R$ 200.

No bairro Cidade Nova, ocorreu o destelhamento de uma casa, onde eram alugados vários quartos (Foto: Sandro Pereira)

No bairro Cidade Nova, núcleo 12, antiga Rua 101 com a 114, ocorreu o destelhamento de uma casa, onde eram alugados vários quartos. Cláudia Cavalcante estava participando de um velório ao lado da casa quando aconteceu a situação.

“Foi um tormento, um raio acertou a árvore, que já veio tombando tudo, o telhado voou e atingiu a fiação elétrica”, informou a dona de casa.

Até o momento, segundo Cláudia, os moradores estão sem energia elétrica. Uma equipe da Eletrobras Distribuição Amazonas já estava no local.

Em nota, a Eletrobras Distribuição Amazonas informou que devido ao temporal que afetou a cidade, vários objetos como galhos de árvores, telhados, lonas entre outros foram arremessados sobre a rede elétrica, desligando 26 circuitos alimentadores, causando interrupções no fornecimento de energia elétrica em vários bairros da cidade, com maior intensidade nas zonas norte e leste.

Conforme o comunicado, após o temporal, a Distribuidora reforçou o atendimento em cerca de 250% de equipes de campo, possibilitando o restabelecimento de mais de 50% dos clientes afetados até às 9h. A concessionária destaca, em nota, que as equipes de manutenção continuarão percorrendo todas as áreas afetadas até o restabelecimento total do sistema, previsto para até às 20h de hoje, sendo priorizados neste momento os atendimentos que envolvem riscos a vida à população.