Parque do Mindu realiza Feira Criativa e diversas atividades no fim de semana

O evento recebeu a visita de 1,5 mil pessoas no parque

Com informações da assessoria / redacao@diarioam.com.br

A Feira Criativa é realizada em parceria com o projeto Arte em Movimento (Foto: Divulgação)

Manaus – O Parque Municipal do Mindu abre espaço para o incentivo à sustentabilidade, ao lazer e à diversão com a realização de mais uma edição da Feira Criativa, realizada em parceria com o projeto Arte em Movimento.

O evento acontece sempre no último final de semana de cada mês e reúne, em média, 20 expositores de diferentes áreas da cidade, com a finalidade de divulgar o trabalho de reaproveitamento de resíduos sólidos desenvolvido por artesões locais. Neste final de semana, o evento recebeu a visita de 1,5 mil pessoas no parque.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Antonio Nelson de Oliveira Júnior, atividades como esta evidenciam a importância de espaços como o Parque do Mindu serem abertos para a contemplação da natureza e também de sensibilização e educação ambiental.

“O Parque do Mindu foi criado como um símbolo de resistência e proteção ao meio ambiente pelo prefeito Arthur Virgílio Neto e, hoje, desenvolve uma série de ações sociais e ambientais fundamentadas no conceito da sustentabilidade e voltadas para a população”, explica Antonio Nelson.

Na feira, artesões expõem produtos feitos a partir do reaproveitamento de materiais como pet, pneus e embalagens tetrapack, garrafas long neck, sabonetes biodegradáveis, entre outros. Além disso, acontecem no parque, também, diversas atividades nos finais de semana, a exemplo da Mostra Agroecológica, yoga, apresentação do Grupo Ágape de Escoteiros, desenvolvimento de pesquisas e projetos de extensão acadêmica, entre outras.

Em 2016, o parque teve mais de 80 mil visitantes. Neste sábado, 22/7, a unidade recebeu uma equipe de professores dos cursos de extensão do Instituto Federal de Educação do Amazonas (Ifam), que percorreram as trilhas e receberam informações sobre a fauna e flora do local.

A feira criativa acontece uma vez por mês, abrindo espaço também para a geração de renda para famílias. Além de expor, os artesões comercializam os produtos e interagem com os visitantes. O parque possui também o café da manhã regional, que funciona aos sábados, domingos e feriados, no Chapéu de Palha, como uma opção de alimentação para os frequentadores.

Moradora do Alvorada, Joelma de Lima Melo, 30, considera excelente a oportunidade de expor seus produtos na feira. “O Mindu é um parque municipal onde vem muitas famílias e percebemos que as pessoas estão vindo cada vez mais visitar nossos estandes, conhecendo e valorizando nosso trabalho”, afirmou Joelma, que trabalha com reaproveitamento de garrafas, caixas de sapato e papelão.

A coordenadora do Arte em Movimento, Amanda Guimarães, observa que a parceria com a Semmas é importante por conta do objetivo do Parque do Mindu, que é o de ressaltar a importância da sustentabilidade e do meio ambiente, permitindo a proximidade entre arte e a sustentabilidade. “A cada edição temos novos expositores e todos gostam bastante”, observou Amanda, adiantando que a próxima edição será nos dias 19 e 20 de agosto.

A feira também fará parte da programação da Virada Sustentável, que acontecerá no próximo final de semana no Parque do Mindu.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES