Uber quer melhorar mobilidade urbana nas cidade brasileiras

Empresa apresentou desafios da mobilidade urbana no País durante encontro, nesta quarta-feira. A REDE DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO conversou com um representante da Uber sobre a atuação em Manaus

Gisele Rodrigues / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Com 115 viagens por segundo em todo o mundo, a empresa de tecnologia em mobilidade urbana ‘Uber’ quer transformar os cenários das cidades brasileiras. Após abrir o pagamento em dinheiro para usuários de Manaus na última segunda-feira (24), a Uber anunciou que começa a testar viagens em ‘carros voadores’ no País – projeto anunciado nos Estados Unidos que ainda serão desenvolvidos – em 2020.

A REDE DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (RDC) recebeu um convite para um encontro, nesta quarta-feira (26), onde a empresa apresentou um dos maiores desafios da mobilidade urbana: o compartilhamento de viagens.

Ainda não disponível em Manaus, o Uber Pool está entre as soluções para combater o trânsito caótico das grandes capitais (Foto: AFP via Estadão)

Com a atividade regulamentada em somente em cinco cidades, a discussão em Manaus possui projetos proibitivos e regulamentadores, segundo explicou segundo gerente da Região Norte, Henrique Weaver.

“Temos mais de mil decisões contrárias essas proibições. Temos exemplos de cidades como São Paulo, Porto Alegre e São José dos Campos que já regulamentaram. Estamos sempre abertos a conversar com o poder público para esclarecer qualquer assunto. Em São José dos Campos, por exemplo, 1% do valor das corridas é revertido para o município que pode ser usada para ações de mobilidade urbana”, disse o gerente.

A empresa não libera dados sobre número de motoristas cadastrados no aplicativo e nem o número médio de corridas para não influenciar no mercado. Mas em pouco mais de três anos no Brasil, o serviço já cobra todas as capitais da Região Norte e cerca de 70 cidades do País.

Ainda não disponível em Manaus, o Uber Pool – modalidade que permite que mais pessoas que vão para destinos semelhantes sejam transportadas de uma só vez – está entre as soluções para combater o trânsito caótico das grandes capitais, segundo gerente da Região Norte, Henrique Weaver. “Hoje nós temos transportes insuficientes e desiguais”, criticou o executivo.

O gerente explicou que uma das metas da companhia é aumentar o número de usuários do Uber Pool. Atualmente, em média, de cada dez viagens de Uber apenas duas funcionam nessa modalidade na cidade de São Paulo. Já em São Francisco, nos Estados Unidos esse percentual é de 50%.

Confira a entrevista transmitida ao vivo no Portal D24am:

O D24AM está em um dos cinco escritórios da Uber no Brasil, em São Paulo. E o gerente de comunicação da Uber fala, com exclusividade, sobre os novos planos e novidades do aplicativo de mobilidade urbana.

Posted by D24am on Wednesday, July 26, 2017