Justiça Federal, no AM, determina a conclusão da cadeia pública de Tefé

A Justiça Federal em Tefé determinou que a União, o governo do Amazonas e a Caixa Econômica Federal concluam as obras da Cadeia Pública do município de Tefé | Claro & Escuro

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Justiça Federal, no AM, determina a conclusão da cadeia pública de Tefé

A Justiça Federal em Tefé determinou que a União, o governo do Amazonas e a Caixa Econômica Federal concluam as obras da Cadeia Pública do município de Tefé. O início da obra foi em 21/07/2010 e houve paralisação. Passados cinco anos, a obra continua abandonada. Houve conclusão de apenas 26,53% do projeto. Na decisão, o juiz federal André Irigon lembra que o Amazonas foi palco de lamentável episódio de colapso no sistema penitenciário há menos de um ano.

Consultoria para a ALE
A Assembleia Legislativa do Estado (ALE) vai licitar, amanhã, a contratação de consultoria para avaliar o valor do contrato com o banco que vai cuidar de sua folha de pagamento.

Venda de shoppings

A BR Malls, dona do Amazonas Shopping, em Manaus, confirmou que estão em andamento tratativas para venda de três shopping centers, mas não informou quais.

Comunicação do MPE

O Ministério Público do Estado (MPE) fará, dia 19, licitação para registro de preços para futura contratação de serviços de sonorização e comunicação audiovisual, por 12 meses.

Menos críticas

Para amenizar as críticas, o governo estuda obrigar os compradores de empresas do sistema Eletrobras a aplicar recursos em medidas ambientais.

PF não muda no Estado

O novo diretor-geral da Polícia Federal (PF), Fernando Segóvia, deverá trocar ao menos 12 dos 27 superintendes regionais. O do Amazonas, Alexandre Saraiva, deve ser mantido no cargo.

Contratos suspeitos

Está na mira do Ministério Público do Estado a contratação de servidores comissionados para cargos que não são de chefia na Prefeitura de São Gabriel da Cachoeira.

MPF investiga a Ufam

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas apura, em inquérito civil público, se houve irregularidades na não aplicação, pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), das provas do PSC e do PSI em vários municípios do interior do Estado.

Diligência na BR-319

A Comissão de Infraestrutura do Senado fará diligência na BR-319 (Manaus-Porto Velho), em janeiro, no ‘inverno amazônico’.

Copos e mais cafezinho

A Assembleia do Estado (ALE) registrou preços para comprar 400 mil copos descartáveis e 9.200 pacotes de café de 500 gramas.

Vagas especiais

O prefeito Arthur Neto sancionou a Lei que reserva vagas para pessoas com deficiência na prestação de serviços no município.

 



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES