Amazonino disse que não mistura público e privado

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Em vídeo publicado nas redes sociais oficiais do governo, para tentar explicar sobre a construção de um muro de arrimo em sua casa, no Lago Tarumã, por uma empresa que fatura milhões no governo do Estado, o governador Amazonino Mendes disse que o problema não afetava seu governo, nem a dignidade dele, pois faz uma administração “honesta, séria e correta”. E destacou que nada tinha a temer, pois sabe “separar o privado do público”.

Depois da construção do muro, agora, Amazonino terá que explicar a “separação do público com o privado” na indicação do sócio e seu ex-governador e ex-secretário de Fazenda, Samuel Assayag Hanan, para praticamente mandar nas decisões da Companha de Gás do Estado (Cigás), que está prestes a ser privatizada, num processo que envolve bilhões de reais. Como informado pela REDE DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO, Amazonino é sócio de Hanan, na SMD Consultoria Ambiental e Empresarial Ltda. e comandou, em 2002, no governo de Amazonino, o polêmico processo de venda da concessão da água em Manaus.

O muro para prefeitos 1

O governador Amazonino Mendes aproveitou a reunião com os prefeitos, na última sexta-feira (9), para falar sobre a construção do muro na casa dele, no Lago Tarumã, pela MCW.

O muro para prefeitos 2

Amazonino usou o mesmo discurso que gravou no vídeo e postado em rede social oficial do governo, mas não falou mais em ‘fake news’. Para ele, agora, os políticos estão expostos a “maldades”.

Candidato independente 1

A exigência, na Constituição, de filiação partidária como condição para poder ser eleito , no Brasil, remonta a um decreto-lei de 1945, nos estertores da ditadura de Getúlio Vargas.

Candidato independente 2

De acordo com o projeto intergovernamental ACE, que reúne dados eleitorais do planeta, apenas 20 países do mundo exigem que candidatos integrem partidos.

Revisão de salários

A Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) contratou, por R$ 270 mil, a Fundação Getulio vargas, para revisar de seu plano de empregos, cargos e salários.