Antecedentes são essenciais para carreira policial, diz MPF

Para o Ministério Público Federal (MPF), candidato aprovado em concurso deve ter bons antecedentes e idoneidade moral no decorrer de sua vida para assumir qualquer cargo público

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Antecedentes são essenciais para carreira policial, diz MPF

Para o Ministério Público Federal (MPF), candidato aprovado em concurso deve ter bons antecedentes e idoneidade moral no decorrer de sua vida para assumir qualquer cargo público, principalmente em carreira policial. A tese foi submetida à apreciação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em parecer defendendo a legalidade da demissão de soldado da Polícia Militar de Goiás (PMGO) que omitiu informações sobre atos infracionais previstos como crime, praticados enquanto menor de idade, na declaração de vida pregressa apresentada à corporação. O parecer do MPF é favorável ao recurso especial interposto pelo Estado de Goiás contra decisão a favor do militar. Na manifestação, o subprocurador-geral da República Brasilino Pereira dos Santos defendeu que o soldado foi demitido da corporação por causa de sua conduta diversa da que se espera de um policial militar, uma vez que ele omitiu, por três vezes, informações sobre sua vida à banca examinadora, escondendo o fato de haver respondido a inquérito policial.

Saúde

O governador Amazonino Mendes (PDT), candidato à reeleição no segundo turno da eleição no próximo dia 28, publicou, ontem, nas redes sociais, um balanço de um ano da Secretaria de Estado de Saúde. Segundo Amazonino, as contas da área de Saúde estão em dia e as cidades do interior receberam recursos assim como houve entrega de novas viaturas novas.

Campanha

O candidato a governador no segundo turno Wilson Lima (PSC) esteve ontem com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Amazonas, desembargador João Simões, para pedir ação enérgica do Tribunal contra as fake news durante a campanha eleitoral.

Multa

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) notificou a ex-gestora da Companhia de Água, Esgoto e Saneamento de Coari (Caesc) Rosilene Maia de Barros que teve as contas de 2016 julgadas irregulares. A ex-gestora foi multada em R$ 6 mil.

Eleito, Túlio Gadelha critica sistema político

Recém-eleito à Câmara dos Deputados, Túlio Gadelha (PDT), que ganhou visibilidade nacional depois de assumir o namoro com a apresentadora Fátima Bernardes, da TV Globo, afirmou que a política mudou e o sistema é que continua envelhecido.

Eleitores de Ciro devem votar em Bolsonaro

Aliados de Ciro Gomes (PDT) acreditam que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) deverá herdar parte dos votos dados ao pedetista no segundo turno. A principal razão, dizem, é que existem semelhanças no discurso entre os dois principalmente, no quesito ‘autoridade’.