BNDES: dia 20 é audiência da venda da Amazonas Energia

A publicação do edital de desestatização das distribuidoras deverá ocorrer em, pelo menos, 15 dias úteis após a realização da última audiência pública, no dia 28 de fevereiro

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) confirmou, nesta sexta-feira (9), que marcou para o dia 20 de fevereiro a audiência pública para a venda da Amazonas Distribuidora de Energia S.A., em Manaus, cuja privatização foi aprovada na quinta-feira (8), em Assembleia.

A publicação do edital de desestatização das distribuidoras deverá ocorrer em, pelo menos, 15 dias úteis após a realização da última audiência pública, no dia 28 de fevereiro. O leilão está previsto para o final de abril, após a realização de road shows com objetivo de atrair investidores.

A primeira audiência pública será sobre a Boa Vista Energia S.A; da Centrais Elétricas de Rondônia S.A., no dia 21/2, em Porto Velho (RO); e da Companhia de Eletricidade do Acre, no dia 23/2, informou o BNDES. As audiências públicas da Companhia Energética de Alagoas e da Companhia Energética do Piauí serão na última semana de fevereiro, respectivamente nos dias 27 (em Maceió/AL) e 28 (em Teresina/PI). Paralelamente, o BNDES encaminhará ao Tribunal de Contas da União a minuta do edital e seus anexos para análise prévia à publicação.

P&D na Amazônia
O Comitê das Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento na Amazônia credenciou o Instituto Transire do Amazonas e o Fit Instituto da Amazônia a receberem recursos públicos.

Sem detentos 1
Segundo o Tribunal de Justiça, há vários casos de audiências e julgamento adiados em consequência da direção do Centro de Detenção Provisória Masculino II não levar os detentos.

Sem detentos 2
Nesta semana, a juíza Patrícia de Campos, da 3ª Vara do Tribunal do Júri, determinou a prisão em flagrante por prevaricação do diretor do Centro, Márcio André Araújo Pinho.

Operação Carnaval
a Polícia Rodoviária Federal intensificou a fiscalização nas rodovias federais. Vai reforçar o policiamento em locais e horários de maior incidência de acidentes e de criminalidade.

Gás aos pobres
O presidente Michel Temer determinou à área técnica do governo a realização de um estudo sobre a viabilidade de redução do preço do gás de cozinha para a baixa renda.

Presidente do PDT, Lupi duvida de Amazonino
Apesar do discurso do governador Amazonino Mendes de que não vai disputar a reeleição ou ‘só se o povo quiser’, ninguém no PDT se preocupa. O presidente da legenda, Carlos Lupi, disse que é comum Amazonino “fazer suspense” sobre se vai ou não disputar eleição.

Juiz disse que auxílio-moradia é imoral e indecente
Há três anos, o juiz Celso Fernando Karsburg, da 1ª Vara do Trabalho de Santa Cruz do Sul (RS), enfrenta olhares de reprovação dos colegas, por abrir mão do pagamento de R$ 4.300 mensais de auxílio moradia e escreveu que o penduricalho era “imoral, indecente e antiético”.