BR-319 volta a receber as obras de recuperação

A caravana dos jornalistas e empresários, que saiu de Porto Velho  e percorreu os 877 quilômetros da esburacada BR-319, até Manaus, teve pelo menos uma notícia boa: as máquinas que fazem a manutenção do trecho do meio da estrada voltaram a operar, facilitando o tráfego na região.  No último dia 22, atendendo a um pedido do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) suspendeu o embargo das obras. Anteriormente, a Justiça havia entendido que a autarquia teria extrapolado o aditivo ao termo de acordo de compromisso firmado com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) que permitia apenas atividades de manutenção e conservação da rodovia entre os quilômetros 250 e 655. Depois de percorrerem 877 quilômetros, a partir de Porto Velho, os caravaneiros foram recepcionados em Manaus com manifestações de apoio e expectativa pela recuperação e repavimentação da rodovia.



SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES