David Almeida joga indireta a Amazonino: ‘não é faxineiro’

Ao anunciar, ontem, em entrevista coletiva, que não vai apoiar nenhum dos candidatos ao governo do Estado, no segundo turno da eleição suplementar, o governador interino do Amazonas, David Almeida (PSD), disse: “Não sou faxineiro para arrumar a casa”. Arrumar a casa é o jargão usado na campanha eleitoral pelo candidato Amazonino Mendes (PDT). Ele informou que vai deixar o PSD do senador Omar Aziz, reclamando que o partido não lhe deu a chance de ser candidato ao governo. O governador interino pediu aos eleitores que não anulem seus votos. “Eu não vou anular meu voto. Peço que ninguém anule. Como vou apoiar o Amazonino que quer me tornar inelegível? Covardes. Amanhã, vou falar várias verdades. Não devo nada a empresários, partidos, portanto é por isso que eu encaro de frente qualquer um”, disse. No primeiro turno, David apoiou a candidatura de Rebecca Garcia (PP).

Ninguém na pista 1

A Justiça estadual conseguiu acordo com a Prefeitura de Lábrea para aprimorar a segurança na área do entorno do aeródromo da cidade.

Ninguém na pista 2
Pelo acordo, a Prefeitura vai fiscalizar os arredores do aeródromo, uma hora antes, para identificar se a pista encontra-se apta ao recebimento de uma aeronave.

Licença negada

O Tribunal de Justiça do Amazonas desobrigou o Tribunal de Contas do Estado a dar licença remunerada a presidente da Associação de Auditores de Controle Externo do que responde a processos administrativos disciplinares.

Elogios ao TRE

O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, Flávio Pascarelli Lopes, elogiou a atuação do Tribunal Regional Eleitoral pelo planejamento, organização e condução das eleições suplementares.

Licitação suspensa

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Júlio Cabral suspendeu, liminarmente, a licitação da Prefeitura de Rio Preto da Eva para contratação de empresa de publicidade, por R$ 763.380,00.

Cidadania em escolas

O Ministério Público Estadual, o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado, o Estado e o município de Manaus iniciam, hoje, o projeto MP nas Escolas, para fortalecer o exercício da cidadania.